Mostra Tiradentes em Cena começa nesta sexta (4) na cidade histórica

Zezé Motta, Tonico Pereira e a bailarina Morena Nascimento estão entre as atrações

por Ana Clara Brant 04/05/2018 10:33
Tarcísio de Paula/Sesc Minas
Zezé Motta é a homenageada do evento e, no domingo, apresenta o show 'Zezé Motta em divina saudade', tributo à Elizeth Cardoso. (foto: Tarcísio de Paula/Sesc Minas)

Eventos de cinema, gastronomia e fotografia já se consolidaram na programação de Tiradentes. No entanto, de seis anos para cá, o teatro também ganhou espaço na cidade histórica. A Mostra de Artes Cênicas Tiradentes em Cena – que começa nesta sexta-feira (4) e segue até 12 de maio com a maior parte da programação gratuita – oferece espetáculos teatrais adulto e infantil, shows, performances, rodas de conversa, oficinas e exposições. “A ideia é não só fortalecer os artistas e grupos da região, mas colocar a cidade em cena. Teatro é bacana porque é uma arte coletiva, além de envolver várias áreas. E Tiradentes vira literalmente palco dessas atrações”, celebra a idealizadora e coordenadora do festival, Aline Garcia.

O público realmente vai ter experiências cênicas únicas, como assistir a produções dentro de casarões antigos, em museus, praças e até na Igreja Matriz de Santo Antônio, onde no domingo (6) será realizado o show Zezé Motta em divina saudade, em que a atriz e cantora faz um tributo à Elizeth Cardoso, considerada a primeira-dama da Música Popular Brasileira. “Esse é um dos grandes diferenciais da mostra. Dar ao espaço público um outro uso. E tudo isso tem a ver com liberdade, que é o tema desta edição”, ressalta Aline.

Liberdade em todos os sentidos, seja artística, do corpo, de criação. Tanto que Zezé é a grande homenageada do evento. “Nada mais emblemático do que homenagear uma grande artista que há 50 anos transita em várias artes com destaque e talento. Seja no cinema, nos palcos ou na música, Zezé Motta sempre foi um símbolo de resistência e vanguarda, além de ter uma força política muito grande. Nesses tempos sombrios que a arte está vivendo, é importante ressaltar uma figura tão importante como a Zezé Motta”, frisa Aline. Durante o Tiradentes em cena, a exposição Senhora da liberdade vai levar os visitantes a um passeio pela história artística e pessoal de Zezé.

DANÇA Outro destaque da programação é a estreia do espetáculo de dança Pacha Harvey Mama Zulu, solo da bailarina Morena Nascimento. Nascida em Minas, a artista integrou a companhia da renomada bailarina alemã Pina Bausch e é um dos principais expoentes da nova geração da dança contemporânea. Já o ator Tonico Pereira, que está celebrando meio século de carreira, vai apresentar o seu primeiro monólogo O julgamento de Sócrates, uma livre adaptação da obra Apologia de Sócrates, de Platão.

A peça A descoberta das Américas, do dramaturgo italiano Dario Fo, também está na agenda, assim como O porteiro, com Alexandre Lino, que é um grito libertário dos excluídos em forma de comédia teatral documental. “O interessante é que a programação casa muito bem com essa questão da liberdade e os questionamentos relacionados ao que é ser livre para pensar, se expressar e viver. Temos a questão do negro, da mulher, dos excluídos presente, sem contar que o Festival também vai lembrar os 300 anos de Tiradentes”, acrescenta a idealizadora.

CORTEJO Um cortejo neste sábado (5), que sairá da Matriz e segue até o Largo das forras, vai lembrar a data. Haverá ainda representação do batizado duplo de José Eleutério e João Damasceno (filhos do inconfidente Alvarenga Peixoto e da poeta Bárbara Heliodora). Entre as atrações locais, o destaque é a parceria com o grupo Teatro da Pedra, de São João del-Rei.

DESTAQUES
>> SEXTA (4)

19h – Pacha Harvey Mama Zulu, solo de Morena Nascimento – Estreia
Local: Centro Cultural Sesiminas Yves Alves

>> SÁBADO (5)
11H – Cortejo até o Largo das Forras

>> DOMINGO (6)
21h – Zezé Motta em divina saudade
Local: Igreja da Matriz de Santo Antônio.

>> SEGUNDA (7)
19h – Espetáculo Urbana (RJ) – Estreia Nacional
Local: Centro Cultural Sesiminas Yves Alves

>> TERÇA (8)
18h – Espetáculo Lutar ou calar? Eis a revolução (São João del-Rei)
Local: Centro Cultural Sesiminas S Yves Alves

>> QUARTA (9)
19h – O julgamento de Sócrates, com Tonico Pereira (RJ)
Local: Teatro do Século XVIII – Uaithai Restaurante

>> QUINTA (10)
21h – Antlia (Porto/Portugal)
Local: Espaço
Cultural Aimorés

>> SEXTA (11)
18h às 22h – Festival de Cenas Curtas
Local: Teatro Municipal de São João del-Rei

>> SÁBADO (12)
19h – O porteiro (RJ)
Local: Centro Cultural Sesiminas Yves Alves

Tiradentes em Cena
De 4 a 12 de maio, em vários espaços de Tiradentes.
Informações: 
www.tiradentesemcena.com.br

['__class__', '__cmp__', '__contains__', '__delattr__', '__delitem__', '__dict__', '__doc__', '__eq__', '__format__', '__ge__', '__getattribute__', '__getitem__', '__gt__', '__hash__', '__init__', '__iter__', '__le__', '__len__', '__lt__', '__module__', '__ne__', '__new__', '__reduce__', '__reduce_ex__', '__repr__', '__setattr__', '__setitem__', '__sizeof__', '__str__', '__subclasshook__', '__weakref__', 'clear', 'copy', 'fromkeys', 'get', 'has_key', 'items', 'iteritems', 'iterkeys', 'itervalues', 'keys', 'pop', 'popitem', 'request', 'setdefault', 'update', 'values', 'viewitems', 'viewkeys', 'viewvalues']