Rafinha Bastos apresenta novo stand up no Cine Brasil

Comediante mantém o humor ácido ao falar sobre casamento, divórcio, solteirice e até dieta

por Alisson Millo 04/05/2018 10:23
Divulgação
'Na carreira, com certeza, tem gente que se afasta, mas também é certo que tem muita gente que acaba se sentindo atraído por essa espontaneidade', diz o humorista. (foto: Divulgação)

“Cada show está ligado ao momento que estou vivendo. Nesse, por exemplo, falo de casamento, divórcio, vida de solteiro, dieta. E isso cria uma identificação com o público, porque sempre tem uma parte dele que já viveu ou está vivendo.” É assim que o humorista Rafinha Bastos define Últimas palavras, seu novo espetáculo que terá apresentação única em BH, amanhã, às 21h, no Cine Theatro Brasil Vallourec.

Depois de três anos, Rafinha volta a fazer turnê nacional e show inédito de stand up. Nesse intervalo, ele se dedicou ao seu canal no YouTube, o Ilha de Barbados, que já tem mais de 700 mil inscritos, e à produção do longa Internet, o filme, além de participar de séries para a televisão. Uma agenda cheia, mas que para ele é algo natural. “Penso o humor. Quando você trabalha com comédia, precisa ser assim. As piadas encaixam melhor em um determinado segmento, uma vai ficar bem no filme, outra vai funcionar melhor no teatro. Mas criar para elas é humor da mesma forma”, explica.

De volta a Belo Horizonte, Rafinha tem boas recordações da capital. “BH é muito boa. Todos os shows que fiz na cidade foram excelentes. É uma das principais capitais do Brasil, e isso se traduz no público que me acompanha, que é sempre presente”, recorda o comediante.

Na vida de Rafinha, pioneirismo não é novidade. Ele foi um dos primeiros comediantes do Brasil a trazer e popularizar o formato que até hoje é sucesso. “É muito bom saber que fui precursor de algo que está na boca do povo.” Dono do Bar Comedians, em São Paulo, ele também dá espaço para novos nomes da comédia se apresentarem. “Sinto-me orgulhoso de fazer parte e também de dar oportunidades para muita gente boa que tem no stand up”, conta.

Dono de um humor ácido, que com certeza não vai faltar na apresentação, o comediante acaba colecionando polêmicas. “Na minha vida pessoal, isso não interfere em nada. Na carreira, com certeza, tem gente que se afasta, mas também é certo que tem muita gente que acaba se sentindo atraído por isso, por essa espontaneidade.”  O comediante ainda garante que nunca programa o conteúdo das suas piadas. “Elas são quem eu sou, um reflexo de mim. O público mais velho é mais presente, mas vejo muita gente nova que também curte meu trabalho”, completa.

VIDA VIRTUAL Presença muito ativa na internet e na televisão, Rafinha acredita que isso ajude a conquistar e fidelizar o público. “Não tenho mais a piração que tinha com TV, igual tinha um tempo atrás. Mas, inegavelmente, atrai mais gente ao teatro sim. Quando você está na TV,  constrói algo muito grande, que, às vezes, não dá para ter controle e dimensão. E a internet hoje é um veículo muito importante também. Com certeza, essa presença ajuda bastante”.

* Estagiário sob supervisão da subeditora Tetê Monteiro

ÚLTIMAS PALAVRAS

Com Rafinha Bastos. Sábado (5), às 21h. Cine Theatro Brasil Vallourec. Avenida Amazonas, 315, Centro. Plateia 1: R$ 100 (inteira) e R$ 50 (meia); plateia 2: R$ 90 (inteira) e R$ 45 (meia); plateia 3: R$ 80 (inteira) e R$ 40 (meia). Informações: (31) 3201-5211.

['__class__', '__cmp__', '__contains__', '__delattr__', '__delitem__', '__dict__', '__doc__', '__eq__', '__format__', '__ge__', '__getattribute__', '__getitem__', '__gt__', '__hash__', '__init__', '__iter__', '__le__', '__len__', '__lt__', '__module__', '__ne__', '__new__', '__reduce__', '__reduce_ex__', '__repr__', '__setattr__', '__setitem__', '__sizeof__', '__str__', '__subclasshook__', '__weakref__', 'clear', 'copy', 'fromkeys', 'get', 'has_key', 'items', 'iteritems', 'iterkeys', 'itervalues', 'keys', 'pop', 'popitem', 'request', 'setdefault', 'update', 'values', 'viewitems', 'viewkeys', 'viewvalues']

MAIS SOBRE TEATRO