Em cartaz em BH, peça ''A invenção do amor' foca em DR de um casal da pré-história

Com Guilherme Piva e Maria Clara Gueiros é atração deste fim de semana do Teatro Bradesco

por Alisson Millo 27/04/2018 07:00

Croc e Nhaca, casal protagonista da peça ''A invenção do amor'
Guerra dos sexos. Eternamente polêmico, esse embate ganha novo capítulo na peça A invenção do amor, com Guilherme Piva e Maria Clara Gueiros, que será apresentada pela primeira vez em Belo Horizonte.

O casal Croc e Nhaca se vê às voltas com a complicada relação homem-mulher na Era da Pedra Lascada. Enciumado da mulher, ele “inventa” o amor para evitar que ela se relacione com outros machos.

“Durante a peça, a gente brinca com o amor de outras épocas, passando pelo rei Salomão, Romeu e Julieta, Lampião e Maria Bonita e até por 50 tons de cinza. A ideia é mostrar, de forma bastante lúdica, que se trata de um sentimento universal”, diz Maria Clara.

A “pedra fundamental” dessa “comédia pré-histórica” foi o desejo do diretor Marcelo Valle. “Já há algum tempo ele queria falar do amor ao longo da trajetória da humanidade”, comenta a atriz.

MINAS Maria Clara e Guilherme já encenaram vários espetáculos na capital mineira. “BH é uma delícia. O mineiro é muito inteligente e, como a peça é cheia de nuances, é bom ter a segurança de que nada vai passar despercebido pela plateia”, comenta ela.

Guilherme concorda. “Belo Horizonte é uma cidade muito cultural, onde existe o hábito de ir ao teatro. O gosto dos mineiros pela arte sempre chamou a minha atenção”, diz.

Populares por trabalhos realizados na televisão – sobretudo na TV Globo –, Maria Clara e Guilherme têm ampla experiência no palco. “Cada veículo tem a sua peculiaridade, e isso me anima a trabalhar em todos. Considero-me principalmente do teatro, mas acho que faz parte manter a cabeça aberta para os outros ramos”, diz o ator.

“A TV aberta tem alcance muito grande, o que não podemos desconsiderar. Isso é importante para o teatro, pois acaba atraindo o público que gosta do nosso trabalho para outros ambientes”, observa.

Maria Clara lembra que o teatro oferece ao ator formas diferenciadas de construir os personagens. “O tempo de criação é bem maior, permitindo que a gente lapide e ajuste o trabalho depois de o texto estar completo”, observa. De acordo com ela, a reação do público também contribui para a construção de uma peça.

* Estagiário sob supervisão da editora assistente Ângela Faria

A INVENÇÃO DO AMOR

Dramaturgia: Alessandro Marson e Thereza Falcão. Direção: Marcelo Valle. Com Maria Clara Gueiros e Guilherme Piva. Sábado (28), às 21h, e domingo (29), às 19h. Teatro Bradesco. Rua da Bahia, 2.244, Lourdes. Setor 1: R$ 80 (inteira) e R$ 40 (meia-entrada). Setor 2: R$ 70 (inteira) e R$ 35 (meia).
Vendas on-line: eventim.com.br. Informações: (31) 3516-1360.

Durante a peça, a gente brinca com o amor de outras épocas, passando pelo rei Salomão, Romeu e Julieta, Lampião e Maria Bonita e até por 50 tons de cinza

Maria Clara Gueiros,
atriz

['__class__', '__cmp__', '__contains__', '__delattr__', '__delitem__', '__dict__', '__doc__', '__eq__', '__format__', '__ge__', '__getattribute__', '__getitem__', '__gt__', '__hash__', '__init__', '__iter__', '__le__', '__len__', '__lt__', '__module__', '__ne__', '__new__', '__reduce__', '__reduce_ex__', '__repr__', '__setattr__', '__setitem__', '__sizeof__', '__str__', '__subclasshook__', '__weakref__', 'clear', 'copy', 'fromkeys', 'get', 'has_key', 'items', 'iteritems', 'iterkeys', 'itervalues', 'keys', 'pop', 'popitem', 'request', 'setdefault', 'update', 'values', 'viewitems', 'viewkeys', 'viewvalues']

MAIS SOBRE TEATRO