Ator é preso durante espetáculo em Santos

A peça 'Blitz - O Império que nunca dorme', da companhia Trupe Olho da Rua, critica os abusos policiais e mortes envolvendo a PM

por Agência Estado 31/10/2016 17:55

Divulgação/Trupe Olho da Rua
(foto: Divulgação/Trupe Olho da Rua)
Na tarde de domingo, 30, a Polícia Militar interrompeu o espetáculo Blitz - O Império que Nunca Dorme, da companhia Trupe Olho da Rua, e levou um de seus atores para o 1° DP da cidade de Santos, litoral de São Paulo.

De acordo com Raquel Rollo, produtora e atriz, policiais militares interromperam a apresentação, apreenderam material de produção, como som e cenário utilizados e algemaram um dos atores. No meio da confusão, o ator Caio Martinez Pacheco foi detido e obrigado a prestar depoimento sobre a peça.

Em nota, o comando do Policiamento da Baixada Santista afirma que requisitou os registros documentais da ocorrência e analisará a conduta dos policiais militares.

A peça Blitz, que faz parte do incentivo à cultura por meio da Ação Cultural (ProAC), critica os abusos policiais e mortes envolvendo a Polícia Militar.

 

Veja: 

 

MAIS SOBRE TEATRO