Zaqueu de 1990: Conheça a doença que matou ator de Pantanal

Relembre a carreira de João Alberto Pinheiro

Redação - Observatório da TV 09/07/2022 19:05
Globo/João Miguel Júnior
Silvero Pereira como Zaquieu em Pantanal (foto: Globo/João Miguel Júnior)

A primeira versão de Pantanal foi gravada e exibida pela primeira vez em 1990, na Rede Manchete, com um elenco de peso. Infelizmente, alguns dos atores já não estão entre nós.

Benedito Ruy Barbosa é o autor original da novela que foi readaptada pelo neto dele, Bruno Luperi, para ser transmitida na Globo atualmente.

Dessa maneira, os telespectadores de hoje estão acompanhando uma trama bem semelhante à antiga, com os mesmos personagens e roteiros que quase não foram modificados.

Dois dos personagens que compõe também o remake da Globo e fizeram bastante sucesso na versão antiga foram interpretados por atores que já faleceram.

Globo/João Miguel Júnior
Elenco do remake de Pantanal (foto: Globo/João Miguel Júnior)

Leia mais: Morte de Zé Lucas em Pantanal: Peão some após levar tiro por vingança

Zaqueu de 1990 faleceu em 1992

João Alberto Pinheiro foi um dos artistas que fizeram parte da antiga Pantanal. Na trama ele deu vida ao mordomo Zaqueu (que agora passou a ser escrito Zaquieu e é interpretado por Silvero Pereira).

Natural do Pará, ele se mudou para o Rio de Janeiro aos 20 anos para seguir a carreira de cantor. Com sua voz marcante, João Alberto se destacou no rádio e na TV. Em 1988, gravou o LP 'Luar do Amor' pela Continental.

Mas seu destino mudou quando Jayme Monjardim o conheceu e apostou nele para o papel de Zaqueu. Ele ainda foi colunista social.

Infelizmente, em 1992, apenas dois anos depois de conquistar o sucesso como o mordomo que se apaixona por Alcides (Ângelo Antônio na época), João Alberto Pinheiro morreu. Com apenas 31 anos ele perdeu a luta contra um câncer no fígado, meningite e pneumonia, todos problemas decorrentes do vírus da AIDS.

Globo/João Miguel Júnior
João Alberto Pinheiro como o mordomo Zaqueu da Pantanal de 1990 (foto: Globo/João Miguel Júnior)

Leia mais: Ator que viveu Zaqueu na Pantanal antiga morreu logo após a trama

Outro ator de Pantanal levado pelo HIV

Outro artista da Pantanal de 1990 que faleceu por complicações da AIDS foi Rubens Corrêa. O ator interpretou o deputado Ibraim na versão antiga, personagem que será vivido por Dan Stulbach no remake da Globo.

Ibraim é o pai de Érica (Gisella Reimann em 1990 e Marcela Fetter agora), jornalista que visita o Pantanal e se envolve com José Lucas. O deputado vai até as terras de José Leôncio cobrar o peão por ter engravidado sua filha.

Zé Lucas assume a gravidez, aceita se casar com a moça e até se torna um braço direito do sogro em sua campanha política. No entanto, mais adiante, ele descobre que a gravidez de Érica é falsa.

Rubens Corrêa nasceu em Aquidauana, no Mato Grosso do Sul, cenário de gravação de Pantanal. Sua carreira na TV começou na Bandeirantes na década de 1960, na novela Os Miseráveis. E antes de viver o deputado Ibraim esteve no elenco de Kananga do Japão, outra trama da Manchete.

O ator morreu em 1996, vítima de complicações de saúde decorrentes da AIDS. Ele tinha 64 anos de idade.

Globo/João Miguel Júnior
Rubens Corrêa interpretou o Deputado Ibraim na versão antiga de Pantanal (foto: Globo/João Miguel Júnior)

Leia outros textos desta colunista.

Este post Zaqueu de 1990: Conheça a doença que matou ator de Pantanal foi publicado primeiro no Observatório da TV.

MAIS SOBRE SERIES-E-TV