Humoristas ganham espaço nas novelas

Conhecidos como humoristas, Rafael Infante, Ingrid Guimarães, Fabiana Karla brilham em folhetins, às vezes em papéis dramáticos

por Adriana Izel 08/09/2019 11:32

Oseias Barbosa/Divulgação
Rafael Infante vive Pablo na novela Bom Sucesso, que marca a estreia dele no gênero (foto: Oseias Barbosa/Divulgação)

Os créditos de uma produção na tevê começam a aparecer e lá figuram nomes como Ingrid Guimarães, Rafael Infante e Lúcio Mauro Filho. A atração em questão poderia ser um humorístico, mas é a novela Bom Sucesso, exibida na faixa das 19h na Globo. A presença de humoristas no elenco de folhetins vem crescendo, com alguns deles se aventurando em papéis dramáticos.

Rafael Infante vive Pablo na trama de Rosane Svartman e Paulo Halm que marca a estreia dele no gênero. Em entrevista ao Correio Braziliense, ele conta que nunca se sentiu cobrado ou pressionado para fazer novelas: “Nunca me cobrei. Sempre estive muito focado no meu trabalho. O convite veio, estou descobrindo essa vertente do trabalho de ator e estou adorando.”

Em Bom Sucesso, Pablo é um galã de novelas que contracena com a estrela Silvana Nolasco (Ingrid Guimarães). O personagem vem trazendo a discussão do mundo de aparências em que vivemos — ele esconde que é homossexual com medo de que isso afaste o público dele e chega a viver um falso romance com Silvana em frente às lentes de fotógrafos de celebridades.


“Eu acho que qualquer obsessão é muito ruim, seja por aparência, jogo, dinheiro. O Pablo é um reflexo disso, ele serve para fazer esse debate, espero que ajude as pessoas a discutirem isso, que o personagem cause essa reflexão, mesmo que seja com humor”, afirma o ator.


“Fofoca nunca é legal. Não costumo ler muito notícias que liguem meu nome a assuntos que não são verdade. Hoje, com as mídias sociais, fica mais fácil, pois podemos expor nossas verdadeiras opiniões. Então, acredito que esse seja o papel das mídias, expor as verdades e debater temas importantes”, continua Rafael.

Antes de Bom Sucesso, a novela das 19h era Verão 90, que trazia no elenco Fabiana Karla. Em maio deste ano, a atriz disse ao Correio que a repercussão de personagens de novela é muito grande e chama a atenção dela. “Adoro a repercussão que os personagens têm quando são de novelas. As pessoas me param em todos os cantos para dizer como se divertem com meus papéis e que elas ficam só esperando para ver o que eu vou aprontar”, contou Fabiana.

A atriz ainda se lembrou de outra novela: Amor à vida (2013), em que interpretou Perséfone e levantou a bandeira contra a gordofobia. “Foi bom porque repercutiu tanto para quem sofria bullying quanto para quem praticava. Abriu os olhos de muita gente. Foi um momento muito especial, fui muito bem-recebida nas ruas, tanto eu quanto o Walcyr (Carrasco, autor da novela) e nossos colegas da novela. Pela Perséfone, nós acabamos libertando várias mulheres que sofreram com a gordofobia. E isso é um serviço a favor do público e só enaltece a arte que está sendo veículo disso”, exaltou.

Raquel Cunha/TV Globo
Eduardo Sterblitch como Zeca na novela Éramos seis. (foto: Raquel Cunha/TV Globo )

O drama também tem vez no currículo de humoristas que fazem novela. Eduardo Sterblitch, por exemplo, estreará em novelas ainda este ano, em Éramos seis, como Zeca, um papel dramático. Atualmente fazendo rir como o empresário Montenegro, de Malhação — Toda forma de amar, Nelson Freitas chamou a atenção como Bernardo em Tempo de amar (2017). O personagem era dramático e exigia do ator um modo de interpretar diferente do geralmente adotado em humorísticos ou, nos palcos, em stand-up comedy.

“Nesses anos, eu fiquei histrionicamente trabalhando, abria a interpretação, os gestos grandes, a máscara facial e agora é exatamente o caminho contrário: minimizar os movimentos faciais, trabalhar mais a emoção, os olhos. Está sendo bacana, difícil, mas desafiador”, afirmou Nelson ao Correio, na ocasião.

Humoristas também brilharam em novelas. Veja alguns!

Luis Lobianco — Atualmente, Lobianco pode ser visto arriscando-se na Dança dos famosos, do Domingão do Faustão. Em 2018, ele fez sua primeira novela: Segundo sol. Ele se saiu muito bem como Clovinho.

Heloísa Périssé — Heloísa já fez comédia e drama em novelas, como em A lei do amor (2016) e Avenida Brasil (2012). Na minissérie Dercy de verdade (2012), foi muito elogiada por dividir com Fafy Siqueira a interpretação de Dercy Gonçalves.

Marcos Veras — O ator acabou de sair de Verão 90, novela em que viveu Álamo. Nas novelas, a guinada veio com Domênico, de Pega pega (2017).

Mariana Santos — Cria do humor de programas como o Zorra e Tomara que caia, Mariana faz sua segunda novela. Ela é Carla em Malhação — Toda forma de amar, personagem carismática que conquistou o público da novelinha.

Tatá Werneck — A atriz ainda não se aventurou por um drama na tevê. Enquanto isso, faz rir no Lady Night ou em novelas, como Amor à vida (2013), Haja coração (2016) e Deus salve o rei (2018).

Monica Iozzi — Muito ligada ao humor, a ex-CQC está no ar como a Kim, de A dona do pedaço.

Marcelo Médici — Assim como Rafael Infante, Marcelo faz dobradinha entre o Vai que cola e novelas. Ele estreou em Belíssima (2005) e também participou de folhetins, como Joia rara (2013) e Haja coração (2016). Atualmente, é Abner em Órfãos da terra, novela das 18h.


['__class__', '__cmp__', '__contains__', '__delattr__', '__delitem__', '__dict__', '__doc__', '__eq__', '__format__', '__ge__', '__getattribute__', '__getitem__', '__gt__', '__hash__', '__init__', '__iter__', '__le__', '__len__', '__lt__', '__module__', '__ne__', '__new__', '__reduce__', '__reduce_ex__', '__repr__', '__setattr__', '__setitem__', '__sizeof__', '__str__', '__subclasshook__', '__weakref__', 'clear', 'copy', 'fromkeys', 'get', 'has_key', 'items', 'iteritems', 'iterkeys', 'itervalues', 'keys', 'pop', 'popitem', 'request', 'setdefault', 'update', 'values', 'viewitems', 'viewkeys', 'viewvalues']

MAIS SOBRE SERIES-E-TV