Inteligência artificial está presente em nova temporada de Agentes da S.H.I.E.L.D.

Série retorna à programação da Sony na próxima terça-feira

por Agência Estado 25/06/2017 08:00


Sony/Divulgação
Chloe Bennet interpreta Skye, que sua poderes especiais contra humanos (foto: Sony/Divulgação)
O agente Phil Coulson (Clark Gregg) e sua equipe estarão de volta ao canal Sony a partir de terça-feira. Às 20h, estreia oficialmente no Brasil a quarta temporada de Agentes da S.H.I.E.L.D. da Marvel. Na ocasião serão exibidos, em sequência, três dos 22 episódios que compõem o programa. Nas semanas seguintes, sempre no mesmo horário, será reprisado o último capítulo da semana anterior e, depois, irão ao ar dois episódios inéditos. Neste ano da série, o público pode se preparar para embarcar com os agentes em situações que lidam com o sobrenatural e a inteligência artificial.

Para quem começar a acompanhar a saga a partir de agora, vale lembrar que o seriado traça paralelos com o universo cinematográfico da Marvel. Produzida por essa empresa e pelo ABC Studios, a atração que Joss Whedon criou para a telinha contextualizou a história do primeiro ano do programa após a batalha que encerra o filme Os Vingadores (2012). Do longa, ressuscitou o agente Coulson, morto por Loki (Tom Hiddleston), e apresentou-o ao público da série no posto de diretor da Strategic Homeland Intervention, Enforcement and Logistics Division (S.H.I.E.L.D.). Na tradução, é uma agência de espionagem que trabalha com segredos estranhos e com o desconhecido para proteger o nosso planeta. Inclusive, lida com os seres aprimorados, como os Inumanos da série, para que não usem seus superpoderes contra humanos comuns.

PODERES

Conexões entre cinema e telinha continuam a existir no quarto ano do seriado. A trama se passa após o Tratado de Sokovia, mostrado em Capitão América: Guerra civil’ (2016). Inclusive o próprio Capitão, Steve Rogers (Chris Evans), nesta etapa, virou um desertor, o que aumenta a responsabilidade de Coulson em tentar assegurar a paz na Terra. O fato lhe é lembrado pelo novo diretor da S.H.I.E.L.D, Jeffrey Mace (Jason O’Mara), um tipo misterioso e adepto de frases do tipo: “Uma equipe dividida é uma equipe derrotada”.

E, convenhamos, a equipe se encontra mesmo distanciada, e ainda abalada pela morte de um colega Inumamo, o agente Lincoln (Luke Mitchell). Novos personagens entram na série, misteriosas caixas que provocam alucinações são algumas novidades, mas é o surgimento da androide Aida (Mallory Jansen), que deve dar mais sabor à trama. Ainda um segredo, a robô é resultado de uma pesquisa de inteligência artifical desenvolvida por Holden Radcliffe (John Hannah). A ideia do inventor é que androides possam ser usados em missões, evitando que mais pessoas, como Lincoln, percam a vida.

Outro antigo membro da trupe, Skye (Chloe Bennet), se encontra separada do time de agentes. Agora foragida e conhecida como Tremor, ela luta sozinha e usa seus poderes especiais contra um grupo de extremistas que caça os Inumamos. Ela se cruza com Robbie Reyes, mais um justiceiro em carreira solo, conhecido nas ruas de Los Angeles por Ghost Rider e inspirado em Johnny Blaze, o Motoqueiro Fantasma dos quadrinhos Marvel, já levado ao cinema em dois filmes temáticos estrelados por Nicolas Cage. (Estadão Conteúdo)

Serviço:
Agentes da S.H.I.E.L.D. da Marvel
Quarta temporada, no canal Sony
Estreia: terça-feira, às 20h

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE SERIES-E-TV