Especialista alerta para o risco de infecções com o uso do low poo e no poo

26/04/2019 13:22
None
Foto: Pixabay

O conceito no poo e low poo criado pela hairdresser inglesa Lorraine Massey, largamente difundido entre meninas que possuem o cabelo cacheado, se baseia na redução da concentração ou não uso de tensoativos fortes (agentes de limpeza presentes no shampoo) a fim de que não danifiquem a estrutura dos fios. Deste modo shampoos low poo ou no poo possuem baixo poder de limpeza.

A pesquisadora Jackeline Alecrim, especialista em Cosmetologia Avançada e Farmacologia Clínica, alerta para os perigos de aderir ao uso deste tipo de shampoos: "é preciso ter cautela, pois embora a baixa remoção de sujidades e oleosidade nos fios não é maléfica, o acúmulo destes resíduos pode ser extremamente prejudicial para o couro cabeludo, favorecendo inclusive a ocorrência de infecções, como micoses capilares e caspa, e até mesmo dermatites. Quando pensamos clinicamente na técnica de low poo ou no poo, podemos dizer que ela é muito benéfica para o fio, mas muito maléfica para o couro cabeludo, já que pode comprometer a remoção adequada de resíduos, lipídeos e células mortas que irão se acumular no couro cabeludo, servindo como fonte de nutrientes para fungos e bactérias, podendo favorecer a ocorrência de infecções, dermatites e até mesmo queda capilar", explica.

None
A Dra. Jackeline Alecrim Foto: Reprodução

A Dra. Jackeline Alecrim conta que existem outros métodos para aliar o poder de limpeza do shampoo aos cuidados com os fios sem prejudicar a saúde do couro cabeludo: "uma forma segura e eficiente de evitar as agressões no fio provenientes dos tensoativos presentes em shampoos é concentrar a aplicação do produto no couro cabeludo e nunca diretamente nos fios, outra dica para evitar o contato direto de tensoativos  com a superfície dos fios é utilizar um óleo vegetal como pré shampoo. Uma ótima opção é o óleo de coco extravirgem, que é capaz de proteger os fios enquanto nutre e alinha as cutículas e o melhor, sem sobrecarregá-los". 

A especialista aponta que seguindo estes cuidados, as cutículas não serão excessivamente abertas e os fios estarão protegidos e livres de frizz e ressecamento: "Basta aplicar uma pequena quantidade de substâncias que sejam fonte de lipídeos benéficos nos fios ainda secos antes de ir para o banho, em seguida é só proceder normalmente com a lavagem normal".

['__class__', '__delattr__', '__dict__', '__doc__', '__format__', '__getattribute__', '__getitem__', '__hash__', '__init__', '__module__', '__new__', '__reduce__', '__reduce_ex__', '__repr__', '__setattr__', '__setitem__', '__sizeof__', '__str__', '__subclasshook__', '__weakref__', 'env', 'get', 'getCookie', 'getenvariable', 'gethost', 'getiphost', 'headers', 'lock', 'redirect', 'request', 'setCookie', 'setHeader', 'setLock', 'update', 'url']