Farofa da izaura

28/07/2017 09:20
 Beto Magalhaes/EM
Beto Magalhaes/EM

Ingredientes:

- 5 kg de carne bovina de segunda (sem gordura), cortada em cubos
- 1 kg de toucinho picado
- 250 g de cebola batidinha
- Tempero a gosto
- 2 litros de óleo
- 2,5 kg de farinha de mandioca
- 1 colher (sopa) de colorau

Onde ficar

:

- Pousada Canto da Gente(38) 9951-6680Pousada Tia Zinda(38) 3757-1243

Como fazer Farofa da izaura:

Temperar a carne e cozinhar na panela de pressão, com água sufi­ciente para cobrir, por 30 minutos após o chiado da panela. Retirar a carne e desfiar. Reservar. Levar o caldo do cozimento ao fogo para reduzir bem, até ficar com uma textura mais grossa. Reservar. Fritar o toucinho em sua própria gordura, escorrer e reservar. Em uma panela, fritar a carne apenas com um pouco de óleo, para que fique bem douradinha.

Escorrer. Aquecer o restante do óleo com o corante. Nesta etapa, pode-se usar um pouco da gordura do preparo do toucinho.

Em uma panela, fora do fogo, pôr a carne, o caldo redu­zido do cozimento e, aos poucos, a farinha e o óleo quente, que será regado sobre os ingredientes, in­clusive a farinha. Pôr a cebola e o tempero e misturar bem.

Doce combinação da felicidade

A hora é de dizer adeus ao simpático povo feliciano e às maravilhas gastronômicas que encantaram os viajantes ao longo do caminho. Con­tudo, nada de tristeza. Para temperar a despedida com generosas doses de alegria, nada como um bate-papo com a ilustre moradora Izaura Pereira de Faria, dona de uma receita que carrega, em si, todo o signi­ficado da palavra festa. Izaura é do carnaval, do samba e da farra.

Não nega uma cerveja gelada e, nos dias da folia de Momo, abre o terreiro de casa para quem quiser festejar com a escola Garimpeiros do Sam­ba, da qual é fundadora. Mas nossa anfitriã também é religiosa. Na festa da padroeira, assume o preparo de sua famosa farofa de carne, que confere energia àqueles que acompanham a alvorada. Como se não bastasse, aos domingos sua garagem se transforma em um pequeno bar que recebe fregueses desde as 8h da manhã.

E é nesse clima que os viajantes se despedem, já com saudade das comidinhas e do povo do lugar. Até a próxima!

Receita fornecida por Lineuza Leontina Machado, de Joaquim Felício: (38) 3757-1104