Ragu de porco com ora-pro-nóbis

23/06/2017 10:00
 Juarez Rodrigues/EM
Juarez Rodrigues/EM

Ingredientes:

- 1 kg de pernil ou lombo de porco em cubos de aproximadamente 1 cm
- 3 cebolas médias, raladas
- 2 maçãs sem o miolo raladas
- 1 litro de leite
- 2 colheres (sopa) de farinha de trigo
- 1 colher (sopa, rasa) de curry
- 2 cubos de caldo de galinha
- Sal, pimenta-do-reino, molho inglês e noz-moscada a gosto
- 3 colheres (sopa) de creme de leite
- 1 dose de vinho branco seco
- 1 molho de ora-pro-nóbis
- 1 dente de alho picadinho
- Azeite a gosto
- 1 colher (sopa) de manteiga
- Tentação:

Quem for às feiras livres e sacolões da região, certamente vai se deparar, mais de uma vez, com o mogango, um fruto da família da abóbora, muito popular nas cozinhas do Sul. Cozido, é ilustre companhiapara pratos do dia a dia, como feijão e angu.

Como fazer Ragu de porco com ora-pro-nóbis:

Cortar a peça de carne em duas partes iguais, de modo a obter dois filés altos. Circular cada pedaço com as fatias de bacon, prendendo as pontas com um palito de dente. Untar uma frigideira com azeite e levar ao fogo. Pôr a carne e selar por um minuto. Virar e salpicar sal e pimenta-do-reino. Deixar por mais um minuto e virar novamente, temperando o outro lado. Deixar na frigideira por mais seis minutos de cada lado, em fogo baixo, para que fiquem ao ponto, mexendo os filés para que não queimem.

Reservar. Em uma panela fora do fogo, misturar o queijo, o creme de leite, o açúcar, o limão, o molho inglês e a mostarda. Levar ao fogo em banho-maria e, quando estiver na consistência de mingau, pôr o conhaque. Despejar por cima dos filés e servir.

Toque mineiro faz a diferença

Já que a mesa de influências dinamarquesas está posta, nada melhor que aproveitá-las um pouquinho mais. Quem entra em cena desta vez é Constance Aili Marrie Godtfredsen, filha de Toninho, nosso personagem da receita anterior. Como demonstração de que talento é algo que corre no sangue, a jovem elegeu a gastronomia como meio de vida, depois de tentar se enveredar por outros caminhos. Acostumada desde novinha às comidas de paladar requintado, Constance acabou levando para a vida os saberes de forno e fogão cultivados em casa.

Sempre que os amigos se reuniam, era eu quem ia para a cozinha. Percebi que isso me divertia, que era o que eu queria fazer. Deixei a faculdade de comunicação e fui estudar gastronomia, conta. Os primeiros passos foram dados com o pai, em seu restaurante em Caxambu. Das técnicas aprendidas na faculdade e no dia-a-dia do estabelecimento, Constance foi moldando seu estilo e hoje busca combinar a culinária mineira com as influências europeias da família.

Um dos pratos criados por ela é o ragu de porco ao curry e ora-pro-nóbis. Tradicional da Itália, o ragu é um molho encorpado à base carne, que ganhou variações em cada cultura que foi introduzido. Para amineirar a receita, Constance valeu-se do ora-pro-nóbis, hortaliça popular dos quintais de nossa terra. Combinação que só merece elogios.

Receita fornecida por Antônio Godtfredsen, de Caxambu: (35) 3341-4503.