Pescoço de peru

16/06/2017 09:30
 Marcos Michelin/EM
Marcos Michelin/EM

Ingredientes:

- Pescoço de peru
- 1 kg de pescoço de peru, picado em pedaços médios
- 2 dentes de alho picados
- 1 cebola ralada
- 1 colher (café) de açafrão
- 1 colher (café) de colorau
- Suco de 1 limão
- 1 concha de óleo
- 1 tomate picado
- Pimenta-de-cheiro e sal a gosto
- Cheiro-verde a gosto
- 1 pimentão picadoem tirinhas
- Caseiro:
- .

Na feira dos produtores rurais, uma das expositorasé Alessandra Gonçalves,que chama a atenção com suas quitandas apetitosas. Tem broa de amendoim, bolo de mandioca, pão de queijo e muito mais.E o melhor: tudo caseiro

Contato:(34) 9985-5521.

Como fazer Pescoço de peru:

Deixar o pescoço de peru de molho em água fria com o suco de limão por dez minutos. Enxaguar em água corrente e deixar escorrer. Em uma panela funda, aquecer o óleo e refogar a cebola até amolecer. Acrescentar o alho, o açafrão, o colorau e o sal. Pôr os pedaços de carne e deixar dourar. Tapar a panela e, assim que secar todo o líquido, pingar água até que o pescoço comece a cozinhar. Em seguida, cobrir com água, tapar a panela e deixar cozinhar bem.

Ainda no fogo, pôr o restante dos ingredientes e misturar até que o caldo fique encorpado e os tomates cozinhem.

Sob o tempero da amizade

Seja qual for o dia da semana, para a turma do Botecão dos Amigos não há tempo ruim. Lá estão eles reunidos, sempre ao redor de uma cerveja gelada, papo animado e, é claro, saborosas pedidas da cozinha. No comando do reduto, localizado no Centro de Patrocínio, está o aposentado José Geraldo da Silva, que há quase 30 anos resolveu montar o negócio para o filho. Como ele não estava trabalhando, tive a ideia de montar o bar.

No fim das contas, fui eu quem acabou assumindo. E aqui estou até hoje. Com dois ambientes, o bar é daqueles em que o freguês se sente como se estivesse em casa. Na área da frente, a cada hora se vê um rosto diferente por trás do balcão. Na parte dos fundos, que é bastante ampla, há churrasqueira e mesa de sinuca, onde a turma, frequentemente, organiza verdadeiras festas. De um fogão antigo, petiscos tradicionais saem das panelas areadíssimas.

Por ali desfilam almôndegas, dobradinha, carne cozida, pé de porco e, como estrela, o pescoço de peru. Servido com pãezinhos, o petisco é nota 10 em tempero. Para comer sem cerimônias até o último pedaço.

Receita fornecida por José Orlando da Silva, de Patrocínio: (34) 3831-2349