Bolacha de coco e amendoim

16/06/2017 08:00
 Marcos Michelin/EM
Marcos Michelin/EM

Ingredientes:

- 1,2 kg de margarina, mais o suficiente para untar
- 2 kg de açúcar refinado
- 12 ovos
- 3 kg de farinha de trigo
- 1 litro de leite
- 60 g de fermento químico em pó
- Coco ralado ou amendoim torrado e triturado, para salpicar

Restaurantes:


PATROCÍNIO
- Restaurante Nhac(34) 3831-2244
- Armazém da Pizza (foto)(34) 3831-6666
- Sabor Mineiro(34) 3831-1366
- Avenida(34) 3831-9074

MONTE CARMELO
- Chopinho do Luiz(34) 3842-4563
- Restaurante Casarão(34) 3842-2219

COROMANDEL
- Gullas Restaurante(34)3841-2929

Como fazer Bolacha de coco e amendoim:

Na batedeira, bater o açúcar e a margarina. Pôr os ovos um a um e bater. Acrescentar a farinha, o leite e o fermento e misturar com as mãos, até obter massa homogênea. Pôr a mistura dentro de um saco de leite ou outro saco plástico limpo e com um corte no bico. Espremer pequenos pingos de massa em um tabuleiro untado. Salpicar com coco ou amendoim. Em seguida, bater o tabuleiro e retirar o excesso destes ingredientes, para que não queimem.

Assar em forno médio, pré-aquecido, até as bordas dos biscoitinhos começarem a dourar.

Receita de carinho

A viagem se aproxima do fim, mas no caminho de volta para casa resta tempo para algumas paradinhas. A primeira é em Coromandel, a 477 quilômetros de BH. O ritmo pacato da cidade contrasta com a correria da cozinha de Noé Eustáquio Pereira. Em sua padaria, não há como ficar parado. Afinal, ele conta apenas com a ajuda da mulher para preparar, diariamente, uma variedade surpreendentes biscoitos, pães, bolos e salgados.

A rotina começa às 3h e vai até as 21h. Mas não há espaço para reclamações, muito pelo contrário. A satisfação fica evidente no olhar de Noé, que filosofa ao descrever seu ofício. A cozinha preenche as lacunas da vida. Há 26 anos, Noé estava no Exército, onde deu os primeiros passos na cozinha. Um amigo o indicou para uma vaga em uma grande rede de supermercados em Uberlândia e, de lá, a confeitaria tornou-se uma grande paixão.

Rodou por São Paulo e Uberaba, mas, de posse de rica bagagem, resolveu retornar à terra natal. Aos poucos, o pequeno negócio montado por ele tomou maior proporção e, hoje, o forno a lenha construído por ele trabalha a todo vapor, com capacidade para 26 tabuleiros. Com fala tranquila e serena, Noé ensina a receita de uma bolacha que, assim como ele, é simples e encantadora.

Receita fornecida por Noé Eustáquio Pereira, de Coromandel: (34) 9236-9056