Língua ao molho

02/06/2017 09:10
 Paulo Filgueiras/EM
Paulo Filgueiras/EM

Ingredientes:

- 3 línguas bovinas limpas
- Sal a gosto
- Folhas de louro ealecrim a gosto
- 12 dentes de alho picados
- 2 pacotes (de 340 g cada)de molho de tomate
- 250 ml de azeite
- 1 xícara (chá) de vinagrede arroz
- Pimentas calabresa ebranca a gosto

Para o molho

- 2 cebolas picadas
- 1 xícara (chá) de vinhotinto seco
- Meia xícara (chá) de azeite
- 8 dentes de alho picados
- Sal a gosto
- Manteiga

Variado:

- Na loja Minas em Pedaços, no Centro de Teófilo Otoni, um dos produtos que chamam a atenção é a manteiga caseira temperada. Nos sabores pimenta, azeitona, cebola e orégano, ela dá um toque especial a pães e torradas.
- Contato:(33) 3522-5763.

Como fazer Língua ao molho:

Levar as línguas inteiras ao fogo, com a água, na panela de pressão, com a folha de louro e alecrim. Deixar por 40 minutos depois que der pressão. Com uma faca, retirar a membrana que cobre a língua,limpar bem e cortar as peças em fatias bem finas. Aquecer o azeite e refogar as fatias com a cebola, as pimentas, o alho e o sal. Pôr o vinagre de arroz e o molho de tomate e deixar encorpar. Pôr em potinhos e guardar na geladeira de um dia para o outro.

Para o molho, refogar, na manteiga e no azeite, as cebolas e o alho. Temperar com sal e pôr o vinho. Deixar ferever por cinco minutos. Retirar a língua da geladeira, aquecer e pôr o molho por cima. Outra sugestão é servir o prato frio, como se fosse uma pasta, acompanhado por molho quente ou frio.

Repeteco apetitoso

Se é bom, merece bis, não é mesmo? Portanto, de volta a Teófilo Otoni, depois de uma rápida passagem na edição de número 5, o Sabores de Minas aterrissa novamente no Bar Favorita para conferir se os temperos continuam bons. Pois a casa não só mantém a qualidade e o sabor dos petiscos, como expandiu o cardápio, firmando-se como um dos mais concorridos espaços para se tomar uma cerveja gelada, acompanhada de um tira-gosto apetitoso.

Se da outra vez a estrela foi a tradicional carne de sol com mandioca, nesta edição a língua ao molho vai arrancar suspiros. Quem apresenta o prato é Márcia Gomes de Oliveira, que comanda a casa com o marido, Gilvan de Deus, o artista apresentado na outra edição. Pedida clássica da culinária de boteco, a língua surge no Favorita com ares requintados. "Houve uma época em que convidávamos diversos chefes de cozinha, profissionais ou amadores para fazer um prato no bar.

Um deles, francês, criou esta receita e nós a incorporamos ao cardápio, pois a aceitação foi muito boa." E como não haveria de ser? Servida com pequenos pães sírios, a iguaria combina aromas e sabores que hipnotizam na primeira mordida. Para quem ficou com água na boca, a dica é correr logo para a cozinha.

Receita fornecida por Márcia Gomes de Oliveira, de Teófilo Otoni: (33) 3521-1042