Caldo de banana

12/05/2017 09:20
 Marcos Michelin/EM
Marcos Michelin/EM

Ingredientes:

- 8 bananas-caturras verdes
- 500 g de costelinha deporco em pedaços
- 200 g de linguiçadefumada picada
- 200 g de bacon picado
- 1 cebola picadaSaa gosto
- 1 colher (sobremesa)de colorau
- 8 dentes de alho amassadosPimenta-do-reino a gosto
- 1 limãoManjericão a gosto
- 2 colheres (sopa) de óleoCouve, torresmo echeiro-verde para finalizar

Gourmet

- Uma mistura de empório, adega, bar erestaurante. Este é o Empório do Vinho, endereço certo para os amantes da gastronomiaem Ipatinga. Dividido em três espaços, o lugar oferece mais de 80 rótulos de vinhos,além de produtos gourmet.Contato: (31) 3826-2888.

Como fazer Caldo de banana:

Cortar as bananas em rodelas e aferventar. Escorrer e levar ao fogo novamente, com água suficiente para cobrir e sal a gosto, por 10 minutos ou até que fique bem macia. Bater a banana ainda quente, com a água do cozimento, liquidificador. Reservar. Temperar a costelinha com sal, limão e manjericão e fritar em óleo quente. Pingar água, até que a carne fique dourada. Refogar o bacon e a linguiça na panela de pressão.

Pôr a costelinha, o alho, o colorau, a cebola e a pimenta-do-reino. Cobrir com água e levar ao fogo por 15 minutos após levantar pressão. Despejar a mistura em uma panela convencional, pôr a banana batida e levar ao fogo até engrossar. Salpicar couve, torresmo e cheiro-verde para servir.

Para espantar o frio

Quando chega o intervalo ou terminam as aulas da faculdade, é hora de as sócias do Bar e Restaurante Trem di Minas ficarem a postos. De repente, o lugar lota e aí é pedido que não acaba mais. Aberto há apenas cinco meses, o estabelecimento caiu no gosto dos estudantes, que se deliciam com as iguarias preparadas por Balduina dos Santos, a Dudu, com a filha Kyvea e a amiga de mais de 20 anos Maria Hébia de Araújo.

Donas de histórias diferentes, as companheiras juntaram seus saberes para abrir o tão sonhado negócio. De Dudu, veio a experiência acumulada em seu bufê. De Kyvea, o aprendizado herdado da mãe, e de Hébia, entre outras coisas, uma das receitas de maior sucesso da casa: o caldo de banana. "Quando eu morava nos Estados Unidos, tinha costume de me reunir com outros brasileiros para que cada um fizesse um prato de sua terra.

Fiz esse caldo e o povo elegeu como a melhor receita", recorda. Quando chegou ao Trem di Minas, contudo, o caldo ganhou roupagem mais mineira, com direito a couve, torresmo, linguiça e costelinha. Receita perfeita para aquecer o corpo e alegrar o paladar.

Receita fornecida por Balduína dos Santos Souza, de Ipatinga: (31) 3821-0840