Canudinho de doce de leite

28/04/2017 08:30
 Renato Weil/EM
Renato Weil/EM

Ingredientes:

Para a massa:

- 1 kg de farinha de trigo
- Meio copo (americano) de óleo, mais o suficiente para fritar
- 1 copo (americano) de água morna

Para o recheio:

- 500 g de doce de leite, de preferência caseiro

Material:

- Canudinhos feitos de bambu, de aproximadamente 3 cm de comprimento e dois de diâmetro
- Cilindro

Boteco:

- A descontração pede passagem no Bar do Enéias, que há 13 anos combina, no Mercado Municipal de Guanhães, comida boa, papo animado e cerveja gelada. A cada dia da semana, Enéias do Carmo prepara um prato especial. A galinha com arroz da segunda-feira é o mais disputado.

Como fazer Canudinho de doce de leite:

Em uma tigela, pôr a água e o óleo. Aos poucos, pôr a farinha e amassar bem. Sovar a até que comecem a aparecer furinhos por dentro da massa. Abrir a massa com um cilindro, até que fique bem fina.Cortar tiras da massa e circular os canudinhos de bambu. Fritar em óleo morno, com cuidado para a massa não escurecer. Retirar os canudinhos, escorrer, retirar das formas e rechear cada um com doce de leite.

Nos tachos com determinação

Que atire a primeira pedra quem é capaz de resistir a uma travessa de canudinhos recheados de doce de leite. A iguaria é tradição em festas e arranca suspiros, principalmente quando segue receita caseira. Para quem não tem tempo para fazer as capinhas, vale reservar um momento para o ofício. O resultado é de fazer salivar. Na roça, o costume sobrevive e encanta. Na zona rural de Sabinópolis, a doceira Zélia Moreira Gonçalves prepara o doce seguindo receita presente na família há várias gerações.

Com 24 anos de dedicação ao ofício, ela é famosa também em Guanhães, onde comercializa seus produtos no Mercado Municipal. Vendo doces desde a inauguração do mercado, conta ela, que é um dos 80 feirantes do local e vende, além de doces, produtos da roça, como verduras e ovos. O pequeno negócio envolve toda a família. Cada um ajuda como pode. A nora me ajuda a fazer os doces, uns buscam lenha, outros tiram leite e por aí vai. Zélia também é conhecida por participar ativamente de vários grupos e associações.

Temos projetos de hortas comunitárias, granjas e pequenas fábricas. Como se não bastassem todas as atividades, ela se prepara para iniciar a produção de defumados. Não podemos ficar parados, resume. Precioso ensinamento.

Receita fornecida por Zélia Moreira Gonçalves, de Sabinópolis: (33) 9136-4051