Pernil de cordeiro com molho de hortelã

14/04/2017 09:10
 Jair Amaral/EM
Jair Amaral/EM

Ingredientes:

- 1 pernil de cordeiro com osso (de 1,5 kg a 2,5 Kg )
- 1 ml olho de hortelã
- 150 ml de azeite extra-virgem
- 1 colher de sopa de pimenta síria ou árabe
- 1 colher de chá de cominho
- 1 colher de chá de zattar (encontrado em lojas de especiarias ou lojas de produtos naturais)
- Sal a gosto
- Sal com alho socado na hora

Puro sabor:

- Há 12 anos, Vera Maria Augusto de Lima faz bombons com o mais puro chocolate. Sem falar no pão de mel que coleciona admiradores. Para a Páscoa, fica difícil escolher entre os ovos pintados ou os com frases personalizadas. Na Doce Companhia não faltam opções de presente. Contato: (31) 3337-7031.

Como fazer Pernil de cordeiro com molho de hortelã:

Limpar bem o pernil, retirando pele e nervos. Passar o sal com alho em toda a peça e pôr para assar. Para o molho, retirar as folhas de hortelã dos talos e lavar bem. Num liquidificador, pôr as folhas, o azeite, a pimenta síria, o cominho, o zattar e o sal. Bater até formar uma pasta homogênea. Fatiar o pernil assado. Aquecer levemente o molho e cobrir as fatias. Sugestões de acompanhamento: batata assada, arroz branco ou arroz com castanhas fritas na manteiga.

Influência árabe

Se a Páscoa for no estilo de uma certa família libanesa, a tradição dos ovos de chocolate pode ser celebrada com o generoso acréscimo de um pernil de cordeiro. Melhor se for preparado com a receita que o chefe Beto Haddad usa há 20 anos. Ele também não deixa de lembrar que na infância "acordava cedo e ia atrás dos ovos escondidos". Os avós paternos eram libaneses e ele aprendeu a receita vendo o pessoal de casa cozinhar.

Ninguém precisou ensinar. Beto comenta que o pernil é reservado para datas especiais, como a Páscoa. Afinal, é uma peça grande e só deve ser preparada quando há muita gente para comer. Mais que isso, é uma receita cheia de histórias, que vão além da família Haddad. As grandes navegações marcaram as misturas de culturas gastronômicas entre os continentes e, se o assunto são especiarias, não há dúvida, foram os árabes que espalharam pelo mundo o costume de usá-las na cozinha.

O molho de hortelã desse cordeiro de Páscoa guarda um pouco dessa influência, usando especiarias de origem árabe. O cheiro da carne assando e das folhinhas de hortelã esperando para serem batidas é sinal verde para a fome. São as boas mãos do chefe aguçando os paladares.

Receita fornecida por Beto Haddad, do Bairro Luxemburgo: (31) 9152-7565