Bombom de milho verde

11/11/2016 08:10

Ingredientes:

- 4 xícaras de milho verde (natural)
- 2 latas de leite condensado
- Meia xícara (chá) de leite
- 2 colheres (sobremesa) de margarina
- 1 colher (sobremesa) de amido de milho
- 100 g de ameixa-preta picada em pedaços pequenos
- 300 g de chocolate em tablete para glaçar

Para glaçar

- 1 colher (sopa) de parafina alimentícia

Onde ficar:

Antares Hotel: (34) 3823-1188 Astra Hotel: (34) 3821-8506 Hotel do Otinho: (34) 3825-3155 Center Patos Hotel: (34) 3823-1311 Hotel Royal: (34) 3821-3430 Hotel Veneza: (34) 3821-4984 Hotel Victor: (34) 3825-3322 Regis Hotel: (34) 3825- 3232

Como fazer Bombom de milho verde:

Bater no liquidificador o milho e o leite, até obter mistura homogênea. Coar em peneira fina. Acrescentar ao caldo o leite condensado, a margarina e o amido de milho. Levar a mistura ao fogo, mexendo sem parar, até engrossar e soltar da panela. Despejar o doce em um recipiente, para esfriar. Com as mãos, modelar em formato de bombons (no tamanho desejado). Rechear cada um com pedaços de ameixa.

O glacê

Derreter o chocolate com a parafina, em banho-maria. A água do banho-maria não pode borbulhar. Bater, com uma colher, o chocolate, para retirar as bolhas de ar. Passar os bombons no glacê e colocá-los sobre papel-manteiga. Levar os bombons à geladeira por alguns minutos, até a cobertura endurecer.

Majestade e o bombom

Caso ele não esteja, não há festa. O rei do pedaço no Festival de Pratos Típicos de Patos de Minas é um doce que agrada a gregos e troianos. Nem mesmo a beleza das rainhas do Milho faz tanto sucesso quanto a especialidade de Maria Cristina Borges. O bombom de milho verde é uma das maiores atrações para turistas e apreciadores da boa mesa. Foi durante o primeiro festival, há 26 anos, que Maria criou a iguaria.

Eu me perguntava: será que vai dar ibope? Ingênua pergunta. O sucesso foi tão grande que a receita passou de mão em mão e hoje, na cidade, muitas doceiras a reproduzem. Em época de festa, ela é encarregada de fazer cerca de 300 unidades para serem filmadas, fotografadas e degustadas. É celebridade, brinca. Não é para menos. A sobremesa é feita com o natural milho verde. E a casca fina do chocolate glaçado esconde a cor amarela e forte do quitute.

Surpresa gostosa, que leva quem experimenta à loucura. Até mesmo as crianças, fãs do chocolate puro, aprovam o doce. A cada mordida, o cheiro do milho verde se faz marcante. Divino. Sabor perfeito para as majestades da boa mesa.

Receita fornecida por Maria Cristina Borges, de Patos de Minas: (34) 3821-8759