Charuto na folha de uva e salada assada

14/10/2016 08:30

Ingredientes:

- 2 copos (americanos) de arroz cru

Charuto na folha de uva

Para o recheio

- Meio quilo de carne de boi, moída uma vez
- 4 tomates médios picados
- 1 cebola média picada
- Sal e alho a gosto
- 4 colheres (sopa) de azeite
- Aparas de carne (opcional)
- 250 ml de azeite

Salada assada

- 4 pimentões amarelos
- 2 pimentões verdes
- 500 g de cebola picada
- 3 berinjelas (com casca) cortadas em cubos
- 1 copo (americano) de azeitona preta sem caroço. A mesma medida de azeitonas verdes sem caroço e de passas sem caroço
- 1 colher (café) de pimenta malagueta e sal a gosto

Como fazer Charuto na folha de uva e salada assada:

Charuto na folha de uva

Lavar bem o arroz, escorrer e colocá-lo em um recipiente. Em seguida, pôr a carne, o tomate, a cebola, o alho, o sal e o azeite. Misturar bem e deixar descansar por 40 minutos. Aferventar ligeiramente as folhas de uva, para amaciá-las. Abrir cada folha na palma da mão, colocar o recheio e enrolar em formato de charuto. Untar a panela com azeite e colocar as aparas de carne. Cobrir o fundo e as laterais da panela com folhas de uvas.

Por cima, acomodar os charutos , fazendo camadas. Cobrir com folhas de uva, pôr água (até cobrir), duas colheres (sopa) de azeite e deixar ferver por 30 minutos, em fogo baixo.

Salada assada

Em um tabuleiro, misturar os ingredientes, temperar a gosto e pôr metade do azeite. Cobrir o tabuleiro com papel alumínio e levá-lo ao forno pré-aquecido por 30 minutos. Deixar esfriar e pôr a outra metade do azeite. Misturar bem e levar à geladeira. Servir gelada.

Tempero de serenidade

Onde é a Venda dos Turcos?". Caso ninguém saiba a resposta, retorne imediatamente, você não está em Aranha. É que ali não há morador que não conheça Fuad Ourives, descendente de libanês que, juntamente com a mulher, Laudi Mendes Gomes, comanda um dos maiores bens do distrito. A casa, onde funciona um pequeno restaurante, tem mais de 200 anos e foi reconhecida como patrimônio histórico de Aranha. "Aqui era um mercadinho da família de Fuad.

Hoje, é a nossa venda", conta Laudi. Há 36 anos morando na região, ela, que nasceu na Bahia e já morou em muitos cantos do Brasil, é uma apaixonada confessa por Minas Gerais. "Aqui tem simplicidade, gentileza e hospitalidade, tudo o que se precisa para ser feliz", garante. E já que está na terra da boa comida, Laudi aprimorou aqui pratos libaneses que fazem qualquer mineiro perder o juízo. Enrolado em folhas de uva, o charuto, comida tão apreciada pelos árabes, é destaque no balcão da venda.

Bem temperada e divinamente saborosa, a iguaria ainda é servida acompanhada de salada assada, que deve ser preparada com muita calma. Caso contrário, a receita desanda. "Se a pessoa estiver nervosa, os legumes não vão assar", avisa. Já para o charuto, vale a mesma dica: "Tem que estar tranqüilo, porque senão não se consegue enrolar as folhas de uva". Diante disso, a certeza: as receitas são árabes, mas o modo de preparo, bem mineiro.

Receitas fornecidas por Laudi Mendes Gomes, distrito de Aranha: (31) 3579-1073