Geléia de mocotó

05/02/2016 09:30

Ingredientes:

- 1 kg de pé de boi
- 1,2 kg de açúcar cristal
- 3 gramas de conservante
- Cravo e canela a gosto
- 500 ml de leite

Como fazer Geléia de mocotó:

Cozinhar o pé de boi durante cerca de 12 horas, em fogão a lenha. Descarte os ossos e aproveite a massa que vai se soltar durante o cozimento. Bater no liqüidificador e passar em uma peneira bem fina. Despeje num tacho, adicione o açúcar, o leite, o cravo e a canela. Deixe no fogo até que atinja o ponto, que é semelhante ao de doce de leite. Deixar esfriar e bater a mistura com uma colher, por, aproximadamente, 15 minutos.

Colocar numa fôrma e esperar até o dia seguinte para retirar a geléia.

Vitamina no tacho

Doces e salgados de cores firmes, de sabor acentuado, que atravessam décadas sem perder o charme e a popularidade. Em São João Evangelista, a 277 quilômetros de Belo Horizonte, a velha e sempre atraente geléia de mocotó é produzida há 28 anos por Valdir Julião de Oliveira, conhecido como Valdir Torquato. Comercializada com o nome de Casa Branca, ela ganha doçura e consistência em tachos de cobre, num processo elaborado e de paciência.

Só para cozinhar, o pé de boi fica 12 horas no fogão a lenha. Depois, é preciso bater, colocar o açúcar, passar na peneira e cumprir todo um ritual, até chegar ao ponto desejado. Essa parte aí, claro, é o “pulo do gato” de qualquer mestre da cozinha, mas Valdir adianta que, no caso da geléia, o ponto se assemelha ao do doce de leite. Uma boa colher de ferro é fundamental na etapa final, antes de colocar a massa nas fôrmas.

“Geléia de mocotó é sobremesa, é boa com queijo, a qualquer hora do dia. É vitamina pura”, gaba-se Valdir Torquato. Ninguém duvida

Receita fornecida por Valdir Julião de Oliveira, de São João Evangelista