Charuto de repolho à mineira

05/02/2016 09:00

Ingredientes:

- 2 kg de repolho
- 500g de pernil
- 500g de tomate
- 250g de cebola
- Uma xícara (de chá) de arroz
- Uma colher e meia (de sopa, rasa) de sal
- Uma colher e meia (de café) de pimenta árabe
- Um limão médio

Para o molho

:

- 1 kg de tomate maduro
- 1 colher de sopa de massa de tomate
- 2 cebolas médias
- Tempero a gosto
- 1 pitada de açúcar

Como fazer Charuto de repolho à mineira:

Para fazer o molho, bata no liqüidificador o tomate, a cebola e coe. Refogue a massa de tomate em óleo e sal com alho e acrescente a mistura batida e a pitada de açúcar. Tempere a gosto e deixe encorpar. Em seguida, desfolhe o repolho e mergulhe-o na água fervente para murchar. Deve-se retirar rápido, pois não pode cozinhar. Retiram-se, então, os talos grossos de cada folha. Divida a folha em pedaços de mais ou menos dez centímetros cada e acerte as pontas.

Para o recheio, retire as sementes dos tomates e corte-os em cubinhos pequenos, fazendo o mesmo com as cebolas. Misture o arroz cru, já lavado, com todos os temperos e caldo de limão. Coloque um pouco do recheio em cada folha e enrole.



Para cozinhar

Coloque no fundo da panela os talos de repolho que foram retirados das folhas e as pontas que sobraram do corte, para não queimar o charuto. Coloque os rolinhos em camadas sobrepostas, até a altura de dez centímetros da beira da panela. Sobre eles, ponha um prato de sobremesa ao contrário, para não deixar que desenrolem. Coloca-se água fervente até cobrir os rolinhos. Depois que começar a ferver, deixe cozinhar por uns 20 minutos.

Quando for servir, coloque o molho de tomate aquecido sobre os charutos. Rende 50 unidades.

Aroma das arábias

A viagem está na reta final e passamos novamente pelo Vale do Rio Doce, rumo à capital. Em Ipatinga, a 209 quilômetros de BH, um prato de origem árabe ganha tempero mineiro e conquista o paladar pela leveza e aroma. No restaurante Arábia, no bairro Horto, Orlando Calazans Júnior, de 36 anos, neto de libaneses, atrai clientes com o charuto de repolho à mineira. Ele conta que, no Líbano, o prato é feito com folha de parreira e carne de cordeiro.

No Brasil, entram repolho e carne de porco. O toque mineiro está no molho, preparado com tomate fresco e paciência oriental. Entre uma cervejinha gelada, um jazz bem escolhido e conversa amena, em ambiente agradável, o fim de tarde se prolonga, vira a noite e segue madrugada adentro. Ponto final na longa viagem, que desvendou mais um belo pedaço da gastronomia das Minas Gerais.

Receita fornecida por Orlando Calazans Júnior, de Ipatinga