Peixada à mineira

22/01/2016 09:20

Ingredientes:

- 1kg de surubim
- 1 cebola branca
- 1 tomate
- Meio pimentão
- 1/4 de tablete de caldo de galinha
- 1 colher (sopa) de açafrão
- Meia colher (sopa) de colorau
- Tempero caseiro
- Vinagre
- Óleo
- Farinha de mandioca (para o pirão)

Ondeficar:

Mar Doce (38) 3754-1399

Tia Dora 3754-1391

Pousada Canto do Rio 3563-3100

Como fazer Peixada à mineira:

Corte o peixe em postas, tempere com sal e vinagre e deixe marinando por duas horas, para entranhar. Depois, coloque o peixe numa panela com o óleo, o colorau e o açafrão. Deixe cozinhar por mais ou menos 15 minutos.

Para fazer o pirão, retire um pouco do caldo do peixe, despeje a farinha aos poucos e vá mexendo até cozinhar, sem deixar embolar.

De comer até o osso

Quer coisa melhor na vida do que ficar sentado à beira do rio São Francisco, comendo um surubim no capricho, acompanhado de uma cervejinha gelada? No período de seca, quando as águas do Velho Chico adquirem tonalidade entre o verde e o azul, a cena é convidativa. É hora de uma grande pausa na viagem, para aproveitar tudo o que a região de Três Marias, a 276 quilômetros de BH, oferece de melhor. Uma delas é a peixada à mineira, sem dendê, leite de coco ou pimenta.

A ardida, claro, vai ao gosto do freguês. No restaurante Rei do Peixe, que fica debaixo da ponte que cruza o rio, o prato chega à mesa na companhia de um pirão de farinha finíssima, feito, no capricho, pela cozinheira Maria Nice da Silva. Dono do restaurante há 30 anos, Jean Kelly é taxativo ao afirmar que na sua cozinha só entram surubins do São Francisco, alguns pescados por ele mesmo.

O pintado tem muita carne e deve ser degustado até o osso. Bom apetite!

Receita fornecida por Maria Nice da Silva, do restaurante Rei do Peixe, de Três Marias