O ninho de ovo de codorna

04/05/2010 09:30

Ingredientes:

Para a massa

- 500 g de farinha de trigo
- 150 g de gordura hidrogenada
- 150 g de manteiga
- 1 ovo
- 1 pitada de sal
- Aproximadamente 1 copo (americano) de leite

Para o recheio

- 3 colheres (sopa) de maionese
- 5 colheres (sopa) de catchup
- 50 ovos de codorna cozidos ou o equivalente ao número de salgados
- Fios de ovos para finalizar

Material

- Formas para empadinha, no tamanho desejado

Queijo:

- Queijo artesanal fresquinho, saboroso e certificado. São os laticínios de Sabinópolis, produzidos em fazendas da cidade e vendidos no comércio da região. Contatos:

Santo Antônio (33) 3423-1455

Moura (33) 3423-1127

Produtos Pinho (33) 3423-1258

Como fazer O ninho de ovo de codorna:

Para a massa, pôr os ingredientes, exceto o leite, em uma vasilha e amassar. Pôr o leite aos poucos, até que a mistura fique homogênea e não muito dura. Cortar a massa e forrar as forminhas, como se fosse fazer empadinhas. Assar em forno alto por cerca de 15 minutos. Para rechear, misturar a maionese e o catchup. Desenformar a massa e, para cada salgado, pôr uma colher (chá) do molho. Por cima do molho, pôr um ovo de codorna e finalizar com os fios de ovos ao redor.

Ensinamentos de especialista

 Renato Weil/EM
Renato Weil/EM

Em cidade grande, já quase não se ouve falar das tradicionais salgadeiras. Quando se precisa dos quitutes, é comum recorrer a supermercados ou a padarias. Mas quem é do interior sabe que não há nada melhor do que encomendar as iguarias das mãos de quem já tem história e fama no assunto. Maria das Dores de Souza, a dona Dozinha, é um desses nomes em Guanhães. Aos 74 anos, a cozinheira ainda manobra os cilindros, as formas e o fogão para atender pedidos que chegam a todo momento.

A trajetória de 30 anos dedicados à cozinha não começou com alegria, mas se tornou motivo de orgulho para Dozinha e todos os que a cercam. Com a perda do marido, a culinária foi a solução para criar os 10 filhos. Os meninos ainda estavam pequenos e eu não podia sair para trabalhar. Comecei fazendo umas quitandas para vender e, depois, a mexer com salgados para festas. Criei todos eles no fogão, brinca.

Mesmo com a idade, Dozinha não quer parar de trabalhar. Quase todos os dias há encomenda: bolos, pães, biscoitos, salgados e até grandes almoços. Para quem não leva muito jeito na cozinha, ela ensina uma receita bem simples e saborosa. É o ninho de codorna, um quitute para lá de engraçadinho, tradicional nas festas de aniversário da cidade. Quem ficou curioso pode e deve se arriscar para saborear essa gostosura.

Receita fornecida por Maria das Dores de Souza, de Guanhães: (33) 3421-2458