Omelete de ora-pro-nóbis

10/04/2007 10:00

Ingredientes:

- 4 ovos inteiros
- 15 folhas de ora-pro-nóbis picadinhas
- 2 colheres (sopa) de óleo
- 5 cebolinhas picadinhas
- Sal a gosto
- Alho picadinho a gosto
- 1/2 colher (sopa)de farinha de trigo (opcional)

Onde ficar:

(Arraial Velho) Pousada Santana (31) 3671-5050

Como fazer Omelete de ora-pro-nóbis:

Bater as claras em neve, juntar as gemas e mexer bem até obter mistura homogênea. Adicionar a verdura, o alho e o sal. Numa frigideira, esquentar o óleo e despejar a mistura. Quando dourar por baixo e a parte de cima estiver mais firme, virar a omelete. Se quiser, acrescentar uma colher (sopa) de farinha de trigo à massa, para dar mais liga.

Sagrada riqueza

Desde os tempos do Brasil colônia, as folhas de ora-pro-nóbis seduzem os mineiros e visitantes das Gerais. Com carne de frango, de porco ou de boi, elas dão charme especial e são ricas em nutrientes. Garantem também alto teor protéico e muito sabor à refeição. Com o passar do tempo, moradores de Arraial Velho, em Sabará, criaram receitas para aproveitar a planta e dar-lhe o valor que bem merece. Experiente na lida com o fogão, Cristina Alves, de 53 anos, prepara uma gostosa omelete, que atiça o apetite dos quatro filhos e quatro netos e deixa a moçada com água na boca, como diz a canção popular.

Na cozinha, os viajantes admiram o trabalho de Cristina, que transforma a casa em restaurante, nos fins de semana, e recebe os clientes que fazem reserva com antecedência. Um dos segredos para deixar o prato bem fofinho é bater as claras em neve e somente depois misturar as gemas. Se preferir, a cozinheira pode adicionar uma colher de farinha de trigo, para dar mais liga. Ou rechear com queijo, cebola, presunto, o que agradar, afirma, enquanto vira a massa de ovos, na frigideira, para dourá-la dos dois lados e ficar no ponto.

O resultado não poderia ser melhor para começar a noite. A viagem está apenas no início e promete. Nada como ser bem recebido e conhecer um pouco mais sobre a boa mesa. Agora, pé na estrada, pois há muito chão pela frente.

Receita fornecida por Cristina Alves, de Sabará: (31) 3674-0423