Caipirinha de maracujá-do-mato

18/10/2004 08:30

Ingredientes:

- 1 copo de cachaça
- 4 colheres (de sopa) de açúcar refinado
- 5 maracujás-do-mato
- Gelo à vontade

Como fazer Caipirinha de maracujá-do-mato:

Bater os frutos no liqüidificador e coar. Em seguida, acrescentar a cachaça, o açúcar e o gelo. Rende uma jarra de 600 ml a um litro. Pode ser feito com qualquer espécie de maracujá, desde que de sabor azedo.

Terra da branquinha

Capital mundial da cachaça, Salinas, a 661 quilômetros de Belo Horizonte, merece uma parada especial. Para quem gosta de pinga da boa, há mais de 30 marcas consagradas pelos maiores entendidos no assunto. Marcas como Seleta, Sabor de Minas, Indiana, Boazinha, Preciosa, Lua Cheia, Lua Nova e até mesmo uma cachaça light, a Erva Doce fazem a festa do paladar. Quer mais? Só mesmo dando uma volta pelo município, visitando bares e conversando com produtores e moradores.

Na sua fazenda, Sabino Pinto de Souza produz as aguardentes Brinco de Ouro, Brinco de Prata, Puricana e Preciosa. São 800 litros/dia e ele conta que o êxito da cachaça de Salinas, alambicada há mais de um século, está na combinação perfeita de clima e solo que a região oferece. Quem também ergue um brinde ao sucesso do município na produção da “branquinha” é o dono do hotel Brasil Palace, Francisco de Assis Pereira, o Chicão, produtor da Indiana e Cana de Ouro.

Embora para muitos seja heresia macular a cachaça com misturas, ele recomenda a caipirinha de maracujá-do-mato, fruto da região ligeiramente azedo e menor em tamanho que o tradicional. Mas, na falta, vale apelar para o maracujá do sacolão mais próximo. Saúde!

Receita fornecida por Francisco de Assis Pereira, de Salinas