Representações da violência

Marginalidade, culto à barbárie e mecanismos de espetacularização da truculência marcam presença na arte brasileira. Lampião e Cara de Cavalo são elementos dessa %u2018estética nacional%u2019

por 24/01/2015 00:13
Benjamin Abrahão/divulgação
Benjamin Abrahão/divulgação (foto: Benjamin Abrahão/divulgação)
Divino Sobral

MAIS SOBRE PENSAR