[an error occurred while processing this directive] Lançamentos - Portal Uai

Lançamentos

por 20/12/2014 00:13
CONTOS

RIO NOIR
Org: Tony Bellotto
Leya, 304 páginas, R$ 39,90

O músico e escritor Tony Bellotto convocou um time de contistas e apaixonados por literatura para desvendar o “lado B” do universo carioca. Em vez de garotas douradas e praia-mar-sal, temos aqui intrigas, sangue, violência e suspense. O time de autores é eclético: vai do rapper MV Bill e do jornalista Arthur Dapieve aos escritores Luis Fernando Verissimo, Luiz Alfredo Garcia-Roza e Adriana Lisboa, passando pelo sociólogo Luiz Eduardo Soares.


ENSAIOS


AMOR E MATEMÁTICA
De Edward Frenkel
Casa da Palavra, 368 páginas, R$ 44,90

Professor na Universidade da Califórnia, o autor sai em defesa dos números e refuta o preconceito em torno da matemática, que leva a pecha de terror dos estudantes. Para ele, o mundo dos números é um universo paralelo de beleza e elegância comparável à poesia e à música, mas infelizmente ignorado pela maioria das pessoas. Frenkel entrelaça o fascínio pelos cálculos com sua própria experiência. Graças à matemática, esse judeu que morava na Rússia pôde desenvolver livremente a atividade intelectual num país repressor, controlado pelo Partido Comunista.


FORMAS DO IMPÉRIO
Org: Heloísa Meireles Gesteira, Luís Miguel Carolino e Pedro Marinho
Paz e Terra, 574 páginas, R$ 50

Autores brasileiros e portugueses investigam o uso de instrumentos científicos em pesquisas geográficas. A relação entre a ciência e impérios português e brasileiro está no cerne da obra, que aborda a relação entre técnica, construção e domínio do espaço para transformá-lo em território. O volume traz textos de Lorelai Kuri, Alda Heizer, Manuela Sobral, João Carlos Garcia, André Ferrand de Almeida e da historiadora mineira Júnia Ferreira Furtado, entre outros pesquisadores.


FILOSOFIA


DE HEGEL A NIETZSCHE
De Karl Löwith
Editora Unesp, 458 páginas, R$ 89

O filósofo alemão Karl Löwith (1897-1973), especializado no pensamento de Nietzsche, propôs-se a discutir o período que compreende as ideias desse pensador e de Hegel, mas não oferece ao leitor uma história cronológica e convencional. Ele parte de Hegel, para quem o mundo é o cosmos ordenado em que o homem ocupa o papel central, para chegar ao caos nietzschiano, centrado na angústia e na dor do ser humano diante de um mundo sem sentido.


TRABALHO


RIQUEZA E MISÉRIA DO TRABALHO NO BRASIL 3
Org: Ricardo Antunes
Boitempo, 464 páginas, R$ 74

O sociólogo Ricardo Antunes, professor da Unicamp, selecionou artigos que discutem os rumos do trabalho contemporâneo. O terceiro volume da coleção investiga heranças do padrão tayloriano fordista de produção, dedicando especial atenção à realidade brasileira. Entre os articulistas estão István Mészáros, Alain Bihr, Danièle Linhart, Pietro Basso e Maria Aparecida Alves. Agroindústria, trabalho informal, construção civil, telemarketing e telecomunicações são alguns dos setores abordados.

MAIS SOBRE PENSAR