Lançamentos

por 15/02/2014 00:13
PROSA - de Elizabeth Bishop
Editora Companhia das Letras,  344 páginas, R$ 47

 
Mais conhecida como poeta, a americana Elizabeth Bishop (1911-1979) viveu no Brasil entre as décadas de 1950 e 1970, tendo morado no Rio de Janeiro e Ouro Preto. Depois de ter sua obra poética traduzida, a escritora agora passa a ser reconhecida também pelas obras em prosa, em volume traduzido e anotado pelo poeta Paulo Henriques Britto. São textos que vão da produção juvenil a trabalhos de maturidade, com textos de ficção, memorialismo, reflexões sobre o Brasil, cartas e ensaios sobre literatura.

ESTA VALSA É MINHA - de Zelda Fitzgerald
Editora Companhia das Letras, 04 páginas, R$ 46,50


Por meio da personagem Alabama Knight, a escritora fala da infância à sombra de um pai austero, dos namoros e da adolescência no Sul dos Estados Unidos no período entreguerras, da vida com um artista na era do jazz, do sonho de se tornar uma bailarina profissional, das viagens à Europa, das festas e do álcool. Zelda nunca aceitou que sua carreira ficasse à sombra do marido, F. Scott Fitzgerald, dando por isso sua versão pessoal de episódios tratados no livro do marido. O romance foi escrito em um hospital psiquiátrico, durante apenas seis semanas.

JUNCOS - de Juli Zeh
Editora Record, 350 páginas, R$ 60


Um médico é assassinado, dois físicos se dividem entre a amizade e a competição, sequestro de um garoto e outros eventos violentos se reúnem neste thriller, que tem ainda embates filosóficos em torno da física quântica. Oskar e Sebastian se conhecem desde a juventude, quando foram colegas no curso de física, mas com o tempo passam a tomar rumos distintos. A relação se torna ainda mais tensa com o sequestro do filho de Sebastian. Juli Zeh é autora de A menina sem qualidades, já lançado no Brasil, quer foi adaptado para a TV na série Corpus delicti: um processo.

CENA DO CRIME – VIOLÊNCIA E REALISMO NO BRASIL CONTEMPORÂNEO - de Karl Erik Schollammer
Editora Civilização Brasileira, 336 páginas, R$ 40


Resultado de pesquisa sobre a presença da violência e do crime nas artes e na literatura brasileiras, o estudo mostra como a violência, profundamente ligada à realidade das grandes cidades que se desenvolvem na segunda metade do século 20, se impõe como um grande desafio para a literatura e para as artes ao mesmo tempo em que revela um caminho de renovação e reformulação de conteúdos e de suas expressões. O autor analisa tanto autores de ficção como a literatura teórica sobre o tema. Karl Erik Schollhammer é professor da PUC-Rio e autor de Ficção brasileira contemporânea, entre outros.

A GAROTA QUE VOCÊ DEIXOU PARA TRÁS - de Jojo Moyes
Editora Intrínseca,  384 páginas, R$ 29,90


Durante a Primeira Guerra Mundial, a francesa Sophie Lefèvre faz de tudo para manter a família unida enquanto seu marido, Édouard, está no front. Obrigada a colaborar com os alemães, sua casa se torna foco de grandes conflitos. Um retrato de Sophie, pintado pelo marido, cria um jogo intrincado de interesses que vai atravessar décadas, até ressurgir, nos anos 2000, em Londres, transformando a vida de outra mulher, Liv Halston. Jojo Moyes é autora de Como eu era antes de você e A úlitma carta de amor.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE PENSAR