Morre o cantor português Roberto Leal, aos 67 anos

Artista luso-brasileiro lutava contra um câncer e estava internado desde a última quarta (11) num hospital de São Paulo

por Cecília Emiliana 15/09/2019 09:41
Divulgação
(foto: Divulgação)
O cantor português Roberto Leal morreu na madrugada deste domingo (15), em São Paulo. Segundo o Hospital Samaritano, onde o artista estava internado desde quarta-feira (11), a causa da morte foi um melanoma maligno, que se espalhou pelo fígado, causando insuficiência hepato-renal. 

Aberto ao público, o velório está marcado para as 7h desta segunda (16), na Casa de Portugal, no bairro Liberdade, em São Paulo. O sepultamento será realizado no cemitério de Congonhas, na Vila Sofia

De acordo com a assessoria do cantor, Leal lutava contra o melanoma, tipo de câncer particularmente agressivo, há cerca de dois anos. Ele chegou a falar sobre a doença em janeiro deste ano, durante o programa Domingo Show, exibido na TV Record

Nascido na aldeia transmontana de Vale da Porca, em 1951, Roberto Leal era António Joaquim Fernandes na certidão. Mudou-se para o Brasil aos 11 anos, junto com os pais e dez irmãos. 

Conhecido por seu repertório romântico e popular, o cantor iniciou a carreira na década de 1970, após ter exercido profissões como sapateiro, vendedor de doces e feirante em São Paulo.

O primeiro sucesso, Arrebita, é de 1971. Em 48 anos de carreira, acumulou prêmios e bateu recordes de vendas. Foram 30 discos de ouro, cinco de platina e dois de diamante. No total, Roberto vendeu 17 milhões de álbuns. 



Um dos principais sucessos do português, o Vira, ganhou nova onda de popularidade a partir de uma paródia dos Mamonas Assassinas, em 1995. O cantor comentou a apropriação, em entrevista ao Programa do Ratinho, do SBT.



Torcedor da Portuguesa, Leal foi um dos autores do novo hino do clube. Em 2015, amenenizou a longa crise financeira enfrentada pelo time, ajudando-o a conseguir um novo patrocinador. Candidatou-se a deputado estadual em São Paulo pelo PTB em 2018. O cantor chegou a obter 8.273 votos, mas não se elegeu.  

Outra peça do cancioneiro paulistano atribuido a leal é o "Hino das Padarias"



Repercussão

O apresentador Gugu Liberato lamentou a morte do amigo em seu Instagram, assim como a apresentadora portuguesa Fátima Lopes e o 
ex-secretário de Estado das Comunidades Portuguesas José Cesário. Confira os posts



 
 
 


['__class__', '__cmp__', '__contains__', '__delattr__', '__delitem__', '__dict__', '__doc__', '__eq__', '__format__', '__ge__', '__getattribute__', '__getitem__', '__gt__', '__hash__', '__init__', '__iter__', '__le__', '__len__', '__lt__', '__module__', '__ne__', '__new__', '__reduce__', '__reduce_ex__', '__repr__', '__setattr__', '__setitem__', '__sizeof__', '__str__', '__subclasshook__', '__weakref__', 'clear', 'copy', 'fromkeys', 'get', 'has_key', 'items', 'iteritems', 'iterkeys', 'itervalues', 'keys', 'pop', 'popitem', 'request', 'setdefault', 'update', 'values', 'viewitems', 'viewkeys', 'viewvalues']

MAIS SOBRE MUSICA