A história não contada sobre 'Evidências'; ouça em outras línguas o hit que completa 30 anos

Música não empolgou empresários quando foi composta. Acharam 'complicada'

por Nahima Maciel 09/06/2019 11:03
Evaristo Sá/AFP - 09/11/2016
Chitãozinho & Xororó deram a emoção de que 'Evidências' precisava (foto: Evaristo Sá/AFP - 09/11/2016 )

Experimente colocar a música Evidências em qualquer alto-falante e baixar, de repente, o volume. Será difícil não ouvir, bem alto, um empolgado "e nessa loucura...". Escrita por José Augusto e Paulo Sérgio Valle há exatos 30 anos, a canção agrada aos amantes dos mais variados gêneros e virou um hit graças à gravação de Chitãozinho & Xororó. Não pode faltar nos shows da dupla, nem nos karaokês e nos repertórios mais românticos. Mas nem sempre foi assim.



Evidências envelheceu bem, mas nasceu sem glamour. José Augusto lembra que mostrou a música em uma reunião da qual participavam sete pessoas do meio musical e quase todas foram unânimes em dizer que a música era "complicada" e jamais faria sucesso. Apenas Michael Sullivan viu algum potencial na faixa e decidiu apresentá-la ao irmão, Leonardo Sullivan, que gravou a obra em disco homônimo lançado em 1989.
"Ele gravou e a gravadora não fez nada pela canção", lembra José Augusto. Foi, então, que ele deu um segundo passo e mandou uma fita com 10 faixas para Chitãozinho & Xororó. A primeira era Evidências.

Arquivo pessoal
A atriz Zenaide Denardi fez um vagão do metrô de São Paulo cantar a música à capela (foto: Arquivo pessoal)

O resultado foi inesperado. A dupla sertaneja decidiu gravar e colocar a canção como a primeira faixa de Cowboy no asfalto, álbum de 1990. Virou música de trabalho, bis inevitável de todos os shows, hit mais requisitado em programas de auditório, número um de karaokês e, para sempre, uma plataforma de projeção do nome da dupla. "É uma música de coração, do meu e do dele (José Augusto), uma música cheia de emoção, mas nunca imaginamos que ia fazer esse sucesso", conta Paulo Sérgio Valle.



Valle não se lembra de nenhuma circunstância específica e pessoal que tenha gerado a letra de Evidências. Ele e José Augusto, que finalizava o disco Aguenta coração, trabalhavam, na época, em várias composições. Eles também não escreveram letra e melodia pensando em enviar o material para algum artista específico. "Não posso dizer que a gente tenha pensando em algum intérprete, fizemos porque gostamos mesmo de fazer música romântica”, garante Valle. “E aí Chitãozinho & Xororó ouviram, se apaixonaram e ela encontrou neles o intérprete ideal. Eles eram o toque de emoção que precisava, são parte integrante e importante da interpretação. E virou um fenômeno, todo mundo canta. É a magia da música."

 Luciana Ourique/Divulgação
José Augusto deu o toque final em Evidências com as últimas frases (foto: Luciana Ourique/Divulgação)

Para José Augusto, a matemática era simples: "O que eu queria era colocar uma história de amor bem-sucedida e com positividade porque, mesmo perdendo a pessoa, ficava a positividade de que ela ia voltar". José Augusto, cuja formação musical foi embalada pela música romântica tocada pela mãe ao piano, deu o toque final em Evidências com os versos "diz que é verdade, que tem saudade/que ainda você pensa muito em mim". "Ele me ligou no dia seguinte e disse ‘a gente precisa se encontrar porque falta algo, falta uma conclusão’”, lembra Valle, que tem mais de 800 composições gravadas, mas nenhuma que tenha alcançado o sucesso de Evidências. “Eu não senti isso, para mim estava perfeito."



Evidências é um hino romântico com várias interpretações possíveis. Pode ser dirigida a um grande amor, mas também é possível imaginar outros interlocutores. Basta idealizar um objeto, situação ou pessoa imprescindível. Com essa ideia, o Movimento Restaurante Universitário (MRU), criado por um grupo de alunos da Universidade de Brasília (UnB) em defesa do restaurante, convidou os frequentadores a cantar a música dentro do estabelecimento, em outubro de 2017. Um grupo de 10 estudantes puxou o coro e o resto seguiu sem muito esforço. “Decidimos por Evidências porque foi bem na época em que os jovens comentavam na internet que essa música deveria substituir o Hino Nacional. Era um meme. O restaurante estava lotado e queríamos chamar a atenção para o sucateamento do RU”, lembra Maria Virgínia Pantuzzo, criadora do MRU. “A música fala de uma pessoa que nega que gosta do amado, mas depois assume que gosta, igual a nós com o RU, a gente reclama, mas ama muito.”



Experiência semelhante e que acabou por viralizar na internet foi o vídeo da atriz paulistana Zenaide Denardi, que fez um vagão inteiro do metrô cantar Evidências à capela. A ideia nasceu despretensiosamente. Um dia, quando estava a caminho do trabalho, Zenaide se perguntou se conseguiria fazer a proeza de começar a cantar e ganhar as pessoas em um local público qualquer. Tentou primeiro nos corredores do metrô, mas não deu certo. “Esperava que todo mundo sentasse num grande flashmob, mas não rolou”, confessa. “Quando tentei no vagão, teve um estranhamento num primeiro momento e meia dúzia de amigos ajudaram a compor o coro.” A escolha de Evidências sempre pareceu óbvia para a atriz. “Essa música é muito classuda, você vai em qualquer lugar e todo mundo conhece. É uma das músicas que não faltam no setlist”, explica.

(foto: Adriano Ishibashi/Divulgação)
Paulo Sérgio Valle nunca imaginou que a música faria tanto sucesso (foto: (foto: Adriano Ishibashi/Divulgação))

No Duos Bar e Karaokê, em Águas Claras, a música já provocou até briga entre clientes. Priscila Alves, proprietária do estabelecimento, sabe que a canção não pode faltar no setlist da casa, mas precisa sempre lidar com um dilema: não pode repetir o título à exaustão para a noite não ficar monotemática, porque, se dependesse dos clientes, repetiria inúmeras vezes. Quando duas mesas escolhem Evidências — e não há noite em que isso não aconteça —, ela intercala com outro repertório. No entanto, certa vez, um grupo se irritou porque queria cantar primeiro e teve que ceder a vez a quem já havia feito o pedido. Irritados, os cantores potenciais deixaram o local depois de uma briga. “É clássico e todo dia tem que tocar, todo mundo levanta para cantar”, admite Priscila. “Mas o circuito é feito por mesa e são duas músicas seguidas por mesa. Uma mesa pediu Evidências e era vez de outro um grupo, por isso teve a briga.”



Para o bancário Matheus Gorito de Paula, 23 anos, Evidências é uma música de amor, mas que ele cantaria para o avô, que já morreu e do qual sente muita saudade. Era com ele, em longas viagens de carro pelo interior do Rio de Janeiro ou em casa mesmo, que ele costumava ouvir a canção. “Toda vez que ouço lembro muito dele. Me traz boas memórias. A letra é muito bonita, romântica e, para mim, fala que você não precisa ter vergonha, deve sempre falar o que sente”, diz. De tanto ouvir, Evidências virou também a canção que embala o amor pela namorada Ana Beatriz Rodrigues Graça.



Evidências já foi gravada em inglês e em francês, mas é em espanhol, na voz da mexicana Ana Gabriel, que a música fez mais sucesso fora do Brasil. A faixa está no álbum Silueta, de 1992, e a letra é a mesma da versão original. Foram mais de três milhões de discos vendidos. Em 2003, Daniel também gravou o hit e o colocou novamente nas listas de mais tocadas. Recentemente, para lembrar os 30 anos da canção, Marília Mendonça e Simone & Simaria cantaram juntas no programa Altas horas, que também teve direito a uma interpretação de Maiara & Maraísa. Até Ludimilla subiu ao palco do programa para cantar com Chitãozinho & Xororó. Até em ritmo de samba ela ganha o repertório nacional e, agora, está de volta às telinhas como o tema de Maria da Paz (Juliana Paes) e Amadeu (Marcos Palmeira) na novela A dona do pedaço.

['__class__', '__cmp__', '__contains__', '__delattr__', '__delitem__', '__dict__', '__doc__', '__eq__', '__format__', '__ge__', '__getattribute__', '__getitem__', '__gt__', '__hash__', '__init__', '__iter__', '__le__', '__len__', '__lt__', '__module__', '__ne__', '__new__', '__reduce__', '__reduce_ex__', '__repr__', '__setattr__', '__setitem__', '__sizeof__', '__str__', '__subclasshook__', '__weakref__', 'clear', 'copy', 'fromkeys', 'get', 'has_key', 'items', 'iteritems', 'iterkeys', 'itervalues', 'keys', 'pop', 'popitem', 'request', 'setdefault', 'update', 'values', 'viewitems', 'viewkeys', 'viewvalues']

MAIS SOBRE MUSICA