Ópera em pleno Mercado Central de BH surpreende frequentadores

Entre os olhares desconfiados, muitos trabalhadores e visitantes deixaram os compromissos de lado, acompanharam e aplaudiram a apresentação do tenor argentino Santiago Martinéz

por Maria Irenilda Pereira 17/04/2019 15:43

Olhares curiosos, assustados e, finalmente, admirados. Assim reagiu quem passou pelo Mercado Central de Belo Horizonte, ao meio dia, desta quarta-feira (17), à apresentação do tenor argentino Santiago Martinéz. As escadas, ao lado da Mercearia Santo Antônio, serviram de palco improvisado para o músico que, por quatro minutos soltou o vozeirão, interpretando a ária Una Furtiva Lacrima, um trecho da Ópera O elixir do amor, que estreia no próximo sábado, no Grande Teatro do Palácio das Artes. A intervenção surpreendeu a todos. Muita gente, inclusive, não entendeu nada.

A escolha do Mercado para divulgar a ópera não foi por acaso para o músico argentino, de 32 anos, que se apresenta pela primeira vez no Brasil. “Foi o primeiro lugar que visitei quando cheguei a Belo Horizonte. Aqui é muito importante para a cidade”, disse Santiago, que considerou a apresentação um sucesso. Santiago é natural de La Plata, que fica a 60 quilômetros  de Buenos Aires e nunca tinha participado de uma produção fora de sua terra natal antes. “Foi a primeira vez que apresento em um local assim. E a primeira vez que me apresento para o público em Belo Horizonte também. Foi maravilhoso”, avaliou. 

Entre os olhares desconfiados, muitos trabalhadores e visitantes deixaram os compromissos de lado, acompanharam e aplaudiram a apresentação. Para alguns, ópera nem era novidade. “Tenho tudo do Bocelli, e de outros tenores também. Não conhecia esse rapaz, mas que voz belíssima”, elogiou Raul Versoza, morador do Bairro Santa Tereza, na Região Leste de BH, que fazia compras com a esposa. Para outros, foi um experiência inédita. “É muito lindo. Nunca tive a oportunidade de ver antes. A voz dele é maravilhosa”, comentou a vendedora de fllores, Gleici Diana de Souza, que trabalha há 11 anos no local. 

Edésio Costa/EM/ D.A Press
(foto: Edésio Costa/EM/ D.A Press)

Quem não teve a sorte de acompanhar a pequena degustação da ópera O elixir do Amor, que tem o tenor argentino como protagonista, pode acompanhar a montagem da Fundação Clóvis Salgado, no Grande Teatro do Palácio das Artes nos dias 20, 22, 24 e 26 de abril, às 20h. E no dia 28 de abril (domingo), às 19h.

['__class__', '__cmp__', '__contains__', '__delattr__', '__delitem__', '__dict__', '__doc__', '__eq__', '__format__', '__ge__', '__getattribute__', '__getitem__', '__gt__', '__hash__', '__init__', '__iter__', '__le__', '__len__', '__lt__', '__module__', '__ne__', '__new__', '__reduce__', '__reduce_ex__', '__repr__', '__setattr__', '__setitem__', '__sizeof__', '__str__', '__subclasshook__', '__weakref__', 'clear', 'copy', 'fromkeys', 'get', 'has_key', 'items', 'iteritems', 'iterkeys', 'itervalues', 'keys', 'pop', 'popitem', 'request', 'setdefault', 'update', 'values', 'viewitems', 'viewkeys', 'viewvalues']

MAIS SOBRE MUSICA