Instrumentistas de diferentes regiões do Brasil e do mundo se reúnem no Festival Internacional de Acordeom

Evento acontece no Sesc Palladium do dia 18 a 20 de outubro

por Mariana Peixoto 15/10/2018 08:45
Que sotaque pode ter um acordeom? Múltiplos, como vem comprovar a quinta edição do Festival Internacional de Acordeom (FIA), que tem início nesta quinta-feira (18), no Sesc Palladium. Ao longo de três dias, instrumentistas de diferentes regiões do Brasil e do mundo participam do evento.
Élcio ParaÍso/Divulgação
O acordeonista italiano Renzo Ruggierre se apresenta com o pianista Claudio Filippini, no sábado (20) (foto: Élcio ParaÍso/Divulgação)

“O acordeom é um instrumento muito querido do brasileiro, tanto que se inseriu na nossa cultura de forma definitiva. E não só no Nordeste, mas cada lugar tem sua própria característica”, afirma o multi-instrumentista Célio Balona, que responde pela curadoria do FIA ao lado da produtora Rose Pidner.

Quando a dupla vai montar a programação de cada edição, a principal preocupação é mostrar o momento atual do acordeom. “Temos como princípio olhar muito para o Festival de Castelfidardo (Itália), que é o maior do mundo e já está em sua 47ª edição”, comenta Balona, que na edição de 2017 foi uma das atrações do evento.

Dos internacionais, chegam a BH nesta semana o russo Eduard Akhanov, “que tem um estilo clássico, virtuoso, e vai apresentar não só peças russas, mas da música universal”; o italiano Renzo Ruggierre, diretor artístico do Festival de Castelfidardo, que vai se apresentar ao lado do pianista Claudio Filippini, um show “mais voltado para o lado jazzístico do acordeom”; e o Aldo Taborda Quarteto, que “representa uma nova geração da música argentina, com um trabalho bem contemporâneo que privilegia o tango”, Balona descreve.

Ele próprio será uma das atrações do festival, tocando ao lado dos companheiros Nivaldo Ornelas e Wagner Tiso. “Vai ser um prazer tocar com eles, pois começamos a tocar juntos há 40 anos. Estamos privilegiando melodias, músicas que realmente emocionam pessoas”, conta o músico. Um dos destaques da apresentação será um medley com músicas de clássicos da Disney.

A presença nacional no FIA ainda terá Lulinha Alencar e Mestrinho, que privilegiam a música brasileira; os trios de Léo Magalhães e de Julian Tarragô, ambos mineiros; e a banda Chama Chuva, formada no Espírito Santo. Este último vai empunhar uma sanfona para tocar forró na abertura do evento, um show gratuito no início da tarde de quinta-feira. (MP)

FESTIVAL INTERNACIONAL DE ACORDEOM
De 18 a 20 deste mês no Sesc Palladium, Rua Rio de Janeiro, 1.046, Centro, (31) 3270-8100.



Programação

>> Quinta
12h – Chama Chuva (ES). Entrada franca

>> Sexta
19h – Léo Magalhães Trio (MG). Entrada franca
20h – Lulinha Alencar e Mestrinho (RN/SE); Aldo Taborda Quarteto (Argentina). R$ 20 e R$ 10 (meia)

>> Sábado
11h – Workshop. Entrada franca (retirada de ingressos uma hora antes)
19h – Julian Tarragô Trio (MG). Entrada franca
20h – Eduard Akhanov (Rússia); Célio Balona, Nivaldo Ornelas e Wagner Tiso (participação de Milton Ramos) (MG); Renzo Ruggierre e Claudio Filippini (Itália). R$ 20 e R$ 10 (meia)

['__class__', '__cmp__', '__contains__', '__delattr__', '__delitem__', '__dict__', '__doc__', '__eq__', '__format__', '__ge__', '__getattribute__', '__getitem__', '__gt__', '__hash__', '__init__', '__iter__', '__le__', '__len__', '__lt__', '__module__', '__ne__', '__new__', '__reduce__', '__reduce_ex__', '__repr__', '__setattr__', '__setitem__', '__sizeof__', '__str__', '__subclasshook__', '__weakref__', 'clear', 'copy', 'fromkeys', 'get', 'has_key', 'items', 'iteritems', 'iterkeys', 'itervalues', 'keys', 'pop', 'popitem', 'request', 'setdefault', 'update', 'values', 'viewitems', 'viewkeys', 'viewvalues']

MAIS SOBRE MUSICA