Ellen Page expõe assédio sexual e LGBTfobia nos bastidores de Hollywood

Em depoimento no Facebook, atriz questionou: "quantos poderosos precisam ser expostos para compreendermos a gravidade da situação?"

por Leise Costa* 10/11/2017 21:51
Reprodução de internet
Ellen Page relata que o episódio aconteceu em 2006 (foto: Reprodução de internet)

"Você deveria f*** ela, para ela descobrir que é gay", Ellen Page relata que tinha apenas 18 anos quando estava ao lado de uma mulher 10 anos mais velha e ouviu essa frase do diretor Brett Ratner, com quem a atriz trabalhou em 2006, no filme “X-men”. A cena teria acontecido na frente de toda a equipe do filme, mas ninguém teria reagido. Ellen conta que abaixou a cabeça envergonhada. 

A atriz e ativista, hoje, com 30 anos, se assumiu lésbica em fevereiro de 2014, durante um evento de apoio a jovens LGBT’s, em Las Vegas. Mas na época das gravações de X-men, Ellen conta que apesar de saber que era gay, não tinha se aberto sobre isso nem com ela mesma. “Me senti violada”, escreveu. 

A atriz Anna Paquin, que também trabalhou em “X-men”, escreveu um tweet confirmando a versão de Ellen. “Eu estava lá quando esse comentário foi feito”, disse em sua rede social. Ellen também revelou outras situações desconfortáveis diante de atitudes homofóbicas e machistas de Brett Ratner durante todo o período de filmagens, e que chegou a ter escutado o diretor falar sobre a vagina de uma das mulheres do set.
 
Reprodução de internet
Brett Ratner, diretor de X-men (foto: Reprodução de internet)
 
Ellen também contou que quando tinha 16 anos, um diretor a levou para jantar, uma obrigação profissional e muito comum, até que ele a assediou. “Ele acariciou minha perna por baixo da mesa e disse: 'Você tem que tomar a iniciativa, eu não posso'. Eu não tomei a iniciativa. E tive a sorte de conseguir fugir dessa situação. Foi uma constatação dolorosa: minha segurança não estava garantida nem no trabalho. Uma figura de autoridade adulta para quem eu trabalhava tinha a intenção de me explorar fisicamente. Fui assediada meses depois com uma apalpada. Um diretor me pediu para dormir com um cara de vinte e poucos anos e depois contar para ele como foi. Eu não fui. Isso é exatamente o que aconteceu comigo quando eu era ainda uma adolescente na indústria do entretenimento.”.

Woody Allen também é citado no post da atriz. Segundo ela:“ter feito um filme come ele é o maior arrependimento da minha carreira. Eu tenho vergonha de ter feito isso.”, escreveu. 

Confira a publicação da atriz na íntegra:

 

 
*Estagiária sob a supervisão do subeditor Carlos Alman 

['__class__', '__cmp__', '__contains__', '__delattr__', '__delitem__', '__dict__', '__doc__', '__eq__', '__format__', '__ge__', '__getattribute__', '__getitem__', '__gt__', '__hash__', '__init__', '__iter__', '__le__', '__len__', '__lt__', '__module__', '__ne__', '__new__', '__reduce__', '__reduce_ex__', '__repr__', '__setattr__', '__setitem__', '__sizeof__', '__str__', '__subclasshook__', '__weakref__', 'clear', 'copy', 'fromkeys', 'get', 'has_key', 'items', 'iteritems', 'iterkeys', 'itervalues', 'keys', 'pop', 'popitem', 'request', 'setdefault', 'update', 'values', 'viewitems', 'viewkeys', 'viewvalues']

MAIS SOBRE MEXERICO