Madonna relembra processo de adoção de sua filha

Cantora esteve no Malawi para inaugurar o hospital infantil, o primeiro especializado em pediatria no país

por Agência Estado 12/07/2017 15:07

Amos Gumulira/AFP
Madonna foi até o Malawi para a inauguração de hospital de falou sobre o processo de adoção de filhos. (foto: Amos Gumulira/AFP)

Na última terça-feira, 11, Madonna visitou o Malawi para inaugurar o The Mercy James Institute Pediatric Surgery and Intensive Care, o primeiro hospital especializado em pediatria do país, que ela ajudou a financiar. Em seu discurso, ela homenageou sua filha Mercy, de 11 anos.


Há oito anos, a cantora entrou com um processo judicial para adotar Mercy. ''Eu conheci Mercy depois do meu filho David, eles estavam vivendo em orfanatos diferentes. Ela estava com malária e David com pneumonia. Quando eu os segurei em meus braços, disse que iria cuidar deles. Prometi que eles iriam crescer e ficar saudáveis'', disse ela em seu discurso, segundo o Daily Mail.

 


''Primeiro, eu recebi permissão para adotar David. Depois, tentei adotar Mercy, mas o juiz disse não. Eu tinha me divorciado havia pouco tempo e ele disse que, como divorciada, eu não poderia criar Mercy. Eu sou uma lutadora pela liberdade, uma feminista com um coração rebelde, e se você não consegue dar uma razão lógica para o 'não', eu não vou aceitar. Contratei um time de advogados, levei meu caso para a Justiça e não foi uma batalha fácil'', relembrou Madonna.

Após meses de audiências judiciais, finalmente ela conseguiu. ''Eu lutei por Mercy e ganhei. Não foi fácil. Estou aqui para dizer: nunca desista dos seus sonhos, nunca deixe de lutar pelo que acredita. O amor conquista tudo''. 

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE MEXERICO