Boas casas fazem "liquidação" no BH Restaurant Week

por Eduardo Tristão Girão 11/02/2011 07:00
Pedro David/Esp.EM/D.A Press
O Borgevita preparou menu especial para a promoção Restaurant Week (foto: Pedro David/Esp.EM/D.A Press)

Ampliada, a segunda edição da Belo Horizonte Restaurant Week começa segunda-feira, para a alegria de quem gosta de comer fora e pagar pouco. Até dia 27, nada menos de 51 casas da capital mineira e arredores, contemplando várias especialidades, oferecerão dariamente almoço a R$ 27,50 e jantar a R$ 39 – ambas as opções são individuais e incluem entrada, prato principal e sobremesa. Para os que têm adiado o momento de conhecer esse ou aquele lugar, essa é uma ótima chance.

Assista ao videochat do em.com.br sobre o festival gastronômico

Mesmo com praticamente todos os “medalhões” novamente de fora (Vecchio Sogno, A Favorita, Taste-Vin, Xapuri, D’Artagnan etc), esta edição da Belo Horizonte Restaurant Week está mais atraente (e não apenas maior) que a anterior, incrementada com novos participantes de peso, como Benvindo, Flores, Kei, Più Pizza & Birra, Rokkon, Verde Gaio e Provincia di Salerno. Há também casas inauguradas recentemente, como Borgevita, The Bonez e Vení. Entre os que retornam, destacam-se Hermengarda, Fícus, Maharaj, Badejo e Haus München.

Levando em consideração a grande procura do público na última edição (setembro passado) e o aumento do número de participantes (eram 30), a produção do evento estima que cerca de 60 mil pessoas passem por esses endereços nas próximas duas semanas. “A edição passada encavalou com outros dois eventos gastronômicos e atraiu cerca de 35 mil pessoas. Agora não há nada acontecendo paralelamente”, analisa Emerson Silveira, organizador da Restaurant Week no Brasil.

A ideia surgiu em 1992, nos Estados Unidos, quando casas de Nova York organizaram um circuito para tentar reverter os prejuízos da baixa temporada. Hoje, dezenas de cidades mundo afora apostam na curta temporada de preços realmente baixos. A primeira edição brasileira foi realizada em 2007, em São Paulo (atualmente, conta com dois eventos anuais), bem como Rio de Janeiro, Brasília, Recife e, a partir deste ano, Belo Horizonte – aqui, o segundo tempo será de 22 de agosto a 4 de setembro.

“São Paulo tem cerca de 210 restaurantes participantes e o Rio de Janeiro, uns 80. O potencial de BH é grande. Acho que podemos chegar a 70 casas na próxima edição”, acredita Silveira. Curitiba, Porto Alegre e Vitória também participam, além de três capitais recém-chegadas: Fortaleza, Salvador e Goiânia.

Este ano, será o primeiro em que algumas das cidades com duas edições contarão com uma restrita à capital e a outra contemplando o interior – é o caso de São Paulo, Rio de Janeiro, Pernambuco e Espírito Santo.

VEJA A LISTA DOS RESTAURANTES NO BLOG DO GIRÃO

Fique atento
Na hora de pagar, o freguês será convidado a incluir R$ 1 (ou a quantia que quiser) por pessoa à conta. Ao final da Restaurant Week, a quantia arrecadada será destinada ao Hospital da Baleia. Vale lembrar: couvert, bebidas e taxa de serviço (10%) não estão incluídos nos valores estabelecidos pela promoção. Por fim, é aconselhável fazer reserva, pois as filas em algumas casas costumam ser grandes, dependendo do dia e do horário.

QUER MAIS OPÇÕES? CONFIRA O GUIA DE BARES E RESTAURANTES DO DIVIRTA-SE

Restaurant Week

Menus individuais para almoço e jantar a preços reduzidos (R$ 27,50 e R$ 39, respectivamente). Entre os dias 14 e 27, em 51 restaurantes de BH. Informações e menus: www.restaurantweek.com.br.

MAIS SOBRE GASTRONOMIA