Café do Sol reabre com muitas novidades para o freguês

por Eduardo Tristão Girão 08/01/2010 07:00
Maria Tereza Correia/EM/D.A Press
Os donos do pedaço: Maristela Cabral, Júlio Magro, Sérgio Rodrigues e Alexandre Horta (foto: Maria Tereza Correia/EM/D.A Press)

Reformado e reformulado, o Café do Sol será reaberto terça-feira, dia 12, no mesmo endereço onde foi inaugurado em 2001, no Bairro Santa Efigênia. Didi, o antigo proprietário, vendeu o ponto para um quarteto que é praticamente novo no ramo: o advogado Sérgio Santos Rodrigues, o jornalista e músico Alexandre Horta e os donos do bufê Casa Mari, Júlio Magro e Maristela Cabral. Algumas marcas registradas da casa foram mantidas, como as apresentações de jazz ao vivo – a partir de agora, sempre nas noites de quarta-feira –, o bolinho de arroz (reapresentado com queijo gruyère) e a feijoada de sábado (com direito a show de bossa nova).

“Frequentávamos o Café do Sol desde a época do Didi. Há muito tempo tínhamos a intenção de abrir um restaurante só nosso”, conta Alexandre. Numa dessas idas ao local, em junho, ele e os amigos sugeriram despretensiosamente ao então proprietário que vendesse o ponto para o grupo. Para surpresa deles, Didi disse sim. A partir daí, os quatro começaram a desenvolver o projeto da nova versão da casa, mas com uma certeza: nome seria mantido.

A fachada do belo imóvel foi pintada de amarelo e branco, como era antes. O pisos do pátio externo (cimento), da varanda (ladrilho hidráulico) e do salão interno (tábua) foram preservados. O lambri que forra o teto da varanda, pintado de branco, também está lá, bem como as cadeiras brancas do lado de fora. O bar teve o balcão refeito e agora se comunica com o ambiente externo graças à porta de aço instalada numa das paredes.

O salão conta com mesas de madeira e ambientação diferente às quartas-feiras, quando shows de jazz (R$ 10, couvert) darão o tom. Pequeno palco, montado num dos cantos, receberá iluminação colorida especial. Além disso, a porta que dá acesso ao local é fechada com cortina de veludo, tudo na tentativa de recriar a atmosfera de um clube jazzístico. O espaço comporta 125 pessoas. Pouco mais da metade dos lugares está do lado de fora.

“Ao mesmo tempo em que recebemos a turma do happy hour para petiscar, teremos no salão o casal que vem para jantar”, explica Sérgio. Nas próximas quartas-feiras, subirão ao palco Enéias Xavier (baixo), Lincoln Cheib (bateria) e Matheus Barbosa (guitarra). O quarteto do saxofonista e compositor Chico Amaral será a provável atração de fevereiro. Sábado é dia de feijoada (R$ 25, por pessoa; bufê livre), servida com os “pertences” separados e acompanhamento ao som do Thiago Sorriso Quinteto (bossa nova; couvert a definir).

BOLINHO E SUFLÊ

Umas das novidades é o brunch aos domingos, que inclui itens como quiches, tortas, salada de fruta, queijos, bolos e sucos (preço ainda não definido). O bolinho de arroz, sucesso da versão anterior da casa, reaparece no novo cardápio recheado com queijo gruyère (R$ 11/ 10 unidades). Completam a seção de tira-gostos pedidas como pastel de queijo canastra ou de carne de sol (R$ 12/ 10 unidades), burrata (queijo cremoso de origem italiana) com pimentões, azeite temperado e pães (R$ 21) e linguiça ao molho chimichurri (R$ 17).

Os novos pratos vão levar a assinatura de Maristela e de Júlio, ambos cozinheiros formados pelo Senac belo-horizontino. Há saladas, massas, carnes e sobremesa (individuais), com destaque para a salada refrescante (folhas, presunto cru, sorvete de limão, redução de vinagre balsâmico e tomate cereja; R$ 27), o ravióli verde de muçarela de búfala ao molho de tomate (R$ 22), o filé de peixe branco com castanhas, purê de batata baroa e espinafre salteado (R$ 31) e o suflê de doce de leite ou de goiabada com creme de queijo (R$ 11). A carta de vinhos reúne 40 rótulos (Mistral; entre R$ 32 e R$ 302).

Quer mais opções? Confira o Guia de Bares e Restaurantes do Divirta-se

CASA DO SOL
Avenida do Contorno, 3.301, Santa Efigênia. (31) 3785-3663. Aberto de quarta a sexta-feira, das 18h à 0h; sábado, das 12h à 0h; domingo, das 10h às 16h. A abertura da casa está marcada para terça-feira, dia 12.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE GASTRONOMIA