Fast Food sofisticado à moda norte-americana

Outback chega a BH e está aberto desde quarta-feira no Pátio Savassi

01/08/2008 07:00
Erik de Barros Pinto/Divulgação
Cebola gigante com jeito de flor servida com molho picante: aperitivo especial do Outback (foto: Erik de Barros Pinto/Divulgação)
Cada grande rede internacional que se instala no país chega levantando alguma bandeira para buscar o famoso “diferencial”. O mais curioso é que, no fundo, todas se consideram integrantes do mesmo segmento, o casual dining, espécie de fast food chique. Foi assim com o T.G.I. Friday’s e com o Hard Rock Cafe, que tiveram suas portas abertas em Belo Horizonte em 2004 e 2005, respectivamente, e provavelmente será o caso da Applebee’s, que será inaugurada provavelmente até o final do ano, no BH Shopping. Por enquanto, a peça mais nova desse jogo é o restaurante da rede norte-americana Outback, funcionando desde quarta no Pátio Savassi.

“Nossos concorrentes são todas as casas que fazem boa comida”, escapole Salim Maroun, vice-presidente de operações do Outback no Brasil. “O Hard Rock é uma casa temática, como o Planet Hollywood. O T.G.I. Friday’s também é temático e é forte na área de bebidas. O Outback é um restaurante que tem um bar. Nossa comida é outra”, defende ele. A nova casa é a 20ª do grupo no país, que mantém quase mil unidades em pouco mais de 20 países. A da capital mineira é resultado de investimento de R$ 4,5 milhões e é a primeira no Brasil a ter nova decoração – mais clean, sem a memorabilia (coleção de objetos variados) que costuma entulhar as paredes de casas do gênero.

O complemento steakhouse, que acompanha o nome da casa, indica a sua especialidade: as carnes. Apesar de o cardápio listar somente cortes nobres, como contrafilé, t-bone, filé, picanha e alcatra, quase todas as carnes da casa passam por processos de amaciamento, no caso, maturação (repouso em câmara fria por três ou quatro semanas) e tenderização (agulhamento para romper as fibras). Elas são preparadas em chapa ou grelha. Destaque para o miolo de alcatra (R$ 36,50; 325g), rib eye (parte nobre da costela bovina; R$ 37, 325g) e costeletas de cordeiro com molho de vinho tinto (R$ 46). Todas incluem um acompanhamento e servem uma pessoa.

Metade da carne bovina vem do Uruguai e o restante, da Argentina e de fazendas brasileiras. A carne suína, obtida de diversos fornecedores é totalmente nacional. Uma das especialidade da casa é costeleta de porco defumada (R$ 38; com um acompanhamento e molho a escolha). Peculiaridade das unidades brasileiras é a picanha (R$ 39,50; 330g), único corte de carne da casa que é temperado apenas com sal, em respeito a tradição brasileira. “Ou faríamos assim, ou seria outro produto”, afirma Salim. Para acompanhar, batatas, arroz pilaf, legumes ao vapor, brócolis ou cebola grelhada.

ENTRADAS

Na seção de entradas, merece atenção a bloomin’ onion (R$ 20,50), que serve de aperitivo para quatro pessoas: cebola chilena gigante fatiada como uma flor, empanada e frita, servida com molho picante. Saladas (entre R$ 22 e R$ 31,50; individual), massas (entre R$ 26,50 e R$ 34,50), peixes (entre R$ 28,50 e R$ 37), sanduíches (feitos com hambúrguer ou peito de frango grelhado; R$ 22, cada) e pratos infantis (entre R$ 10 e R$ 28) completam o cardápio. Entre as sobremesas, destaque para cheesecake com calda de framboesa ou caramelo (R$ 14,50), brownie com sorvete de creme, chantilly, raspas e calda de chocolate (R$ 17,50).

As bebidas são caras, a começar pelo chope, que, mesmo sendo nacional e servido em caneca de 340ml, custa R$ 6,15. Entre os motivos apontadas pela casa para justificar o preço, estão as canecas em que a bebida é servida: importadas, são armazenadas a 20ºC negativos para que mantenham o chope gelado por mais tempo. A única saída para quem quer pagar menos é freqüentar a casa de segunda a sexta, entre as 17h30 e 20h. quando há dose dupla da bebida. Já a carta de vinhos, antes pouco desenvolvida, foi reformulada pela Enoteca Fasano. Agora, lista 25 rótulos (entre R$ 41 e R$ 92, garrafa). Para fazer frente às carnes vermelhas, tintos são maioria.

Outback
Avenida do Contorno, 6.061, piso L1, loja 148. (31) 3288-3168. Aberto de segunda a sexta, das 17h30 às 23h30; sábado, das 12h à 1h; domingo e feriados, das 12h às 23h. Em breve, funcionará para almoço durante a semana.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE GASTRONOMIA