Documentário sobre mulheres indígenas será exibido em BH

As hiper mulheres, dirigido por Fausto Carlos, Leonardo Sette e Takumã Kuikuro, terá sessão gratuita nesta segunda (9), no Cine 104

por Estado de Minas 09/09/2019 06:00
Cine 104 /divulgação
(foto: Cine 104 /divulgação)
O Cine 104 – Praça Rui Barbosa, 104, Centro –, exibe nesta segunda-feira (9), às 19h30, com sessão gratuita, o documentário nacional As hiper mulheres, dirigido por Fausto Carlos, Leonardo Sette e Takumã Kuikuro, que retrata a história de mulheres indígenas símbolo de suas comunidades. O filme mostra o Jamurikumalu, um ritual realizado pela etnia Kuikuro, do Parque Indígena do Xingu, no Mato Grosso, na qual só as mulheres podem participar. A produção ainda apresenta as “hiper mulheres” da aldeia Kuikuro, consideradas fortes, divertidas, não submissas nem envergonhadas. Informações: (31) 3222-6457.

Bárbara Paz
Festival de Veneza
identity communication/divulgação
Atriz e diretora gaúcha levou o prêmio de melhor documentário da Mostra Venice Classic por Babenco (foto: identity communication/divulgação)

Depois de conquistar o Prêmio da Crítica Independente durante o 76º Festival Internacional do Cinema de Veneza, Bárbara Paz levou no sábado(7), o troféu de melhor documentário da Mostra Venice Classic por Babenco – Alguém tem que ouvir o coração e dizer: Parou. “Eu ganhei, my god!”, comemorou a atriz em suas redes sociais. Além da direção do longa, Bárbara também assina a produção ao lado de Myra Babenco e dos irmãos Caio Gullane e Fabiano Gullane. Durante o festival, a atriz e diretora aproveitou sua presença durante o lançamento do longa Martin Eden, um dos concorrentes ao Leão de Ouro, para protestar pela Amazônia. Babenco faz uma relação entre a doença e a arte do diretor, nascido em Mar del Planta, na Argentina, e naturalizado brasileiro em 1977. Morto em 2016, o diretor foi responsável por títulos como Pixote: A lei do mais fraco (1980), Carandiru (2003) e O beijo da Mulher Aranha (1985), primeira coprodução brasileira a concorrer ao Oscar fora da categoria de melhor filme estrangeiro.

Segunda PRETA
ESPETÁCULOS

Prossegue até o dia 28 de outubro, no Teatro Espanca! – Rua Aarão Reis, 542, Centro –, sempre às 20h, a 8ª temporada do projeto Segunda Preta. Hoje, às 19h, serão apresentados Pombagiresca, com o bailarino e pesquisador Mc Caten, do Rio de Janeiro. Logo após, a cena curta Madame blindex, com a companhia O que você quer DZI?, de Ouro Preto. Ingressos a R$ 10 (inteira). Informações: (31) 3657-7349.

Recital
Violoncelo

O projeto Performare recebe nesta segunda-feira (10), o recital de violoncelo de Lauriza Anastacio, que conta com a participação do pianista Rodrigo Miranda. No repertório, obras de Bach, Marlos Nobre, Schumann e Prokofiev. No Quarta Cultural (11), às 12h30, a vez é de o Grupo Humaitá apresentar o show Alvorada nova, que conta com ritmos tradicionais, toadas populares e repertórios autorais. Na quinta (12), às 19h30, o Palco livre recebe o Recital das Minas, composto por Aline Magalhães, Mariana Redd, Letícia Muniz, Sarah Ribeiro, Sofia de Lafuente, Thelma Lander e Ana Beatriz Pinheiro. As apresentações são gratuitas e ocorrem no Conservatório UFMG – Avenida Afonso Pena, 1.534, Centro. Informações: (31) 3409-8300.

Zuleica Silvano
NOVO LIVRO

O livro Primeira carta de João: crer em Jesus Cristo e amar uns aos outros (Paulinas Editora/foto), de Zuleica Silvano, será lançado nesta segunda-feira (9), às 18h, na Livraria Paulinas – Avenida Afonso Pena, 2.142, Funcionários. A obra tem como finalidade contribuir para o estudo do tema do Mês da Bíblia, promovido pela Igreja Católica. O livro é subdividido em oito capítulos. No primeiro, a autora oferece uma possível datação da 1Jo, indica as características do autor do livro bíblico, elenca as várias estruturas da carta, e aponta as linhas teológicas principais. Nos demais capítulos é comentada cada parte da Carta. Informações: (31) 3269-3700.

Inscrições
Rumos

Continuam abertas as inscrições para o programa Rumos Itaú Cultural 2019/2020. A nova edição e todas as informações podem ser conferidas por meio do site  www.itaucultural.org.br/presskit/rumos-2019-2020. Já, em São Paulo, está em cartaz a exposição O tempo das coisas – Mostra Rumos 2017-2018, encerrando o ciclo 2017-2018 do Rumos com um recorte dos109 projetos contemplados nessa edição.

Rashid
NOVO ÁLBUM
Credito /Divulgação
(foto: Credito /Divulgação)

Com diversas participações, o rapper Rashid (foto) anuncia o seu novo álbum, Tão real, que está sendo lançado em três temporadas. O músico experimenta com o formato de divulgação (como fez no trabalho anterior, Crise) e se desafia a trazer um disco influenciado pelas maneiras de relacionamento do público com os serviços digitais, como o streaming de vídeo e o consumo de séries. Na temporada de estreia, as participações de Luccas Carlos, Dada Yute e Lellê já dão a entender que o álbum não está preso às fórmulas do rap; por outro lado, a participação de produtores como Skeeter
e DJ Duh mostram que as raízes também estão presentes.

['__class__', '__cmp__', '__contains__', '__delattr__', '__delitem__', '__dict__', '__doc__', '__eq__', '__format__', '__ge__', '__getattribute__', '__getitem__', '__gt__', '__hash__', '__init__', '__iter__', '__le__', '__len__', '__lt__', '__module__', '__ne__', '__new__', '__reduce__', '__reduce_ex__', '__repr__', '__setattr__', '__setitem__', '__sizeof__', '__str__', '__subclasshook__', '__weakref__', 'clear', 'copy', 'fromkeys', 'get', 'has_key', 'items', 'iteritems', 'iterkeys', 'itervalues', 'keys', 'pop', 'popitem', 'request', 'setdefault', 'update', 'values', 'viewitems', 'viewkeys', 'viewvalues']

MAIS SOBRE E-MAIS