Morre a cantora Célia, aos 70 anos

Revelada no programa de Flávio Cavalcanti nos anos 1970, ela procurava imprimir a própria marca em canções da MPB

30/09/2017 15:48
Jair de Assis/Divulgação
(foto: Jair de Assis/Divulgação)

Morreu na tarde desta sexta-feira (29/9), a cantora Célia, aos 70 anos. A informação foi confirmada no Facebook oficial da intérprete. Ela sofria de câncer e estava internada há cerca de um mês. O velório e a cremação do corpo dela estão previstos para este sábado (30/9).

Célia foi revelada no célebre programa Um instante, maestro!, comandado por Flávio Cavalcanti, no início da década de 1970. Os primeiros sucessos de Célia foram uma regravação icônica de Adeus, batucada (Synval Silva) e Onde estão os tamborins? (Pedro Caetano).

Mais recentemente, Célia despontou para a crítica com a versão de Vidas inteiras (Adriana Calcanhotto) que faz parte da trilha sonora do filme Polaroides urbanas (2008) e com a participação em A voz da mulher na obra de Taiguara, tribunto no qual gravou Mudou.

Uma das características marcantes de Célia era a de dar o próprio toque a canções gravadas por outras intérpretes anteriormente. Ela não se preocupava em cantar músicas inéditas, mas, sim, em apresentar o que a emocionava.

['__class__', '__cmp__', '__contains__', '__delattr__', '__delitem__', '__dict__', '__doc__', '__eq__', '__format__', '__ge__', '__getattribute__', '__getitem__', '__gt__', '__hash__', '__init__', '__iter__', '__le__', '__len__', '__lt__', '__module__', '__ne__', '__new__', '__reduce__', '__reduce_ex__', '__repr__', '__setattr__', '__setitem__', '__sizeof__', '__str__', '__subclasshook__', '__weakref__', 'clear', 'copy', 'fromkeys', 'get', 'has_key', 'items', 'iteritems', 'iterkeys', 'itervalues', 'keys', 'pop', 'popitem', 'request', 'setdefault', 'update', 'values', 'viewitems', 'viewkeys', 'viewvalues']

MAIS SOBRE E-MAIS