Ballet Jovem do Palácio das Artes apresenta coreografias em homenagem a artistas argentinos

Espetáculo 'Jovem Hermanos' nesta segunda e terça, às 21h

por Eduardo Tristão Girão 05/05/2013 07:49

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Paulo Lacerda/Divulgação
Ballet Jovem leva para o palco do Palácio das Artes trabalhos criados por artistas argentinos (foto: Paulo Lacerda/Divulgação)
A Argentina entra na pauta do Ballet Jovem Palácio das Artes amanhã e terça, quando o grupo apresentará Jovens hermanos, espetáculo baseado em coreografias para homenagear cinco grandes artistas e coreógrafos do país vizinho, no palco do Grande Teatro, em Belo Horizonte. Bettina Bellomo, Gustavo Mollajoli, Ismael Guiser, Luis Arrieta e Oscar Araiz são os homenageados. Todos eles estão ligados ao cenário de dança do estado, sendo que alguns tornaram-se integrantes de companhias locais.

“Todos nós temos carinho e muito a agradecer a todos eles. Formaram a história da dança em Minas e, cada um a seu estilo, contribuíram para a dança no estado e no Brasil. E continuam contribuindo”, afirma Andréa Maia, diretora artística do Ballet Jovem Palácio das Artes. Com Tiça Pinheiro, produtora do grupo, ela assina a remontagem de duas coreografias que serão interpretadas pela primeira vez pelo balé, Cantares, de Araiz, e A Buenos Aires, de Mollajoi.

Completam o programa Sostenuto e Milonga Triste – Tango a Deus, de Arrieta, e Contracapa, de Cassilene Abranches – a segunda peça terá interpretação do próprio autor, um dos mestres homenageados. Contracapa foi criada a partir de intercâmbio realizado entre o Ballet Jovem Palácio das Artes e os integrantes do Grupo Corpo a partir de canções dos Beatles. É uma das obras mais importantes do repertório do balé, vista por mais de 13 mil pessoas nos últimos quatro anos.

Jovens hermanos abre a temporada do grupo este ano. Na agenda, estão apresentações em fins de semana do mês que vem no Instituto Inhotim (em conjunto com o Grupo de Choro e a Big Band Palácio das Artes) e, em outubro, intercâmbio com o grupo dinamarquês Black Box Theatre, resultando em apresentações conjuntas nos dois países.

VIZINHOS

Bettina Bellomo, uma das homenageadas, acumula o título de maître de ballet nos grupos Corpo, Primeiro Ato e na Cia de Dança Palácio das Artes. Dona de carreira premiada, é responsável pela assessoria estilística do espetáculo. Já Oscar Araiz assinou a coreografia de Maria, Maria, primeiro grande espetáculo do Grupo Corpo. Luis Arrieta, por sua vez, foi um dos fundadores e diretor artístico do Elo Ballet de Câmara Contemporâneo de Belo Horizonte e coreógrafo de várias companhias de BH.

Gustavo Mollajoli também acumula o título de maître de ballet do Grupo Corpo e atuou como professor em várias escolas da capital mineira. Ismael Guiser, que morreu em 2008, completa a lista de homenageados de Jovens hermanos, tendo mantido contato com a cena belo-horizontina por meio do seu extinto Ballet Ismael Guiser e Yoko Okada, ministrando cursos na área.

Jovens Hermanos
Espetáculo do Ballet Jovem Palácio das Artes. Amanhã e terça, às 21h, no Grande Teatro do Palácio das Artes (Avenida Afonso Pena, 1.537, Centro). Ingresso: R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia). Informações: (31) 3236-7400.


VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE E-MAIS