Agentz Produções comanda 'Ocupação da Funarte' com prorgramação extensa até novembro

Espetáculos, estreias, oficinas e produção de textos inéditos estão programadas

por Ailton Magioli 25/04/2013 08:51

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

André Fossati/Divulgação
'Desassossego' em branco será apresentado de hoje a domingo (foto: André Fossati/Divulgação )
A experiência de 2011, quando foi selecionada pela primeira vez pela Ocupação Funarte, contribuiu para a Agentz Produções conhecer melhor o Galpão 03 da Fundação Nacional de Arte, cuja programação ela volta a comandar desta quinta até o mês de novembro, com uma extensa agenda. “É um espaço muito intimista, onde se pode trabalhar com linguagem mais próxima do público”, diz a curadora Fernanda Vidigal, lembrando que a Funarte MG é um espaço privilegiado, aberto à música, dança, teatro e artes plásticas.

“Tal efervescência é boa porque faz a gente pensar no que levar para o local”, acrescenta Fernanda Vidigal, ressaltando o objetivo de incentivar a produção mineira no espaço. Para tanto, agendou cinco estreias no Galpão 03 – quatro das quais locais –, além de se preocupar com a formação, por meio de cinco oficinas. E mais: durante dois meses e meio, o Ateliê de Dramaturgia abrirá espaço, às quintas-feiras, para o estudo e produção de textos inéditos, que serão levados ao público, posteriormente, com as leituras públicas.

Outro aspecto importante destacado por Fernanda Vidigal diz respeito ao Projeto Escola no Teatro, fruto da parceria com a rede municipal de ensino. Antes mesmo de serem levadas ao teatro, as crianças conhecem um pouco da história das artes cênicas e os bastidores do teatro. Em 2011, o Escola no Teatro levou ao local 1,5 mil estudantes, número que deverá se repetir este ano.

Em setembro, será a vez de Belo Horizonte receber o Grupo Hiato, de São Paulo, apresentando a série 'Ficção', com cinco monólogos. “Trata-se de um grupo de produção mais próxima da realidade”, explica Fernanda Vidigal. Com capacidade para receber até 100 pessoas, o Galpão 03 muda de formato de acordo com a atração. “O espaço pode-se transformar em arena, palco italiano, um corredor e outros formatos”, acrescenta a curadora.

OCUPAÇÃO FUNARTE
Desta quinta a novembro, no Galpão 03 da Funarte MG (Rua Januária, 68, Floresta). Ingressos a R$ 10 e R$ 5 (meia-entrada). Informações: (31) 3213-7112.


• Atrações da estreia

• 'DESASSOSSEGO EM BRANCO', desta quinta a sábado, às 21h, e domingo, às 19h. Direção coreográfica, roteiro e concepção de Tuca Pinheiro. O ponto de partida do espetáculo foi o desejo da bailarina Renata Mara, portadora de retinose pigmentar, de pesquisar acerca das interferências da baixa visão em um corpo que dança. No elenco, Oscar Capucho e Tuca Pinheiro, além da própria Renata.

• 'A ARTE DE VARRER PARA BAIXO DO TAPETE', sexta e sábado, às 21h, e domingo, às 19h. Concepção, dramaturgia e atuação de Cida Falabella, que também dirige o espetáculo, e Mônica Ribeiro. Em cena, duas mulheres dialogam com recortes do filme Cenas de um casamento sueco, de Ingmar Bergman, apontando para a necessidade de transcender o imediato da relação.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE E-MAIS