Machado no palco

27/10/2012 07:00

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Ana di Brito/divulgação
Vulgaridades sublimes fala de sentimentos humanos (foto: Ana di Brito/divulgação)

Os contos “Pai contra mãe” e “A cartomante”, de Machado de Assis, inspiraram a peça Vulgaridades sublimes, dirigida por Marcelo do Valle, que ficará em cartaz até 4 de novembro, no Teatro João Ceschiatti. A dramaturgia é assinada por Brenda Campos e Keu Freire. 

A escolha dos dois contos partiu de pesquisa da Insensata Cia. de Teatro, formada pelos atores Brenda Campos, Dani Guimarães, Glenda Bastos e Keu Freire. Por três meses eles discutiram cerca de 200 textos do autor.

O grupo levou em consideração, sobretudo, a importância da palavra – tanto para Machado quanto para o teatro. A proposta da trupe é unir literatura e artes cênicas, provando que se trata de um autor acessível a todos os tipos de público.

Os dois contos escolhidos revelam a universalidade dos sentimentos humanos – amor homem/mulher, traição e relação filial estão entre os temas abordados.

VULGARIDADES SUBLIMES
Teatro João Ceschiatti. Avenida Afonso Pena, 1.537, Centro, (31) 3209-8989. Hoje, às 21h; amanhã, às 19h. Ingressos: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia-entrada). Sessões em 3 de novembro, às 21h, e dia 4, às 19h.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE E-MAIS