Coletivo Paisagens Poéticas apresenta quatro espetáculos no Esquyna - Espaço Coletivo Teatral

Peças estão em cartaz neste e no próximo fim de semana

por Carolina Braga 21/09/2012 11:12

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Guto Muniz/Divulgação
(foto: Guto Muniz/Divulgação )
 
Primeiro foi o projeto de ocupação artística das ruas, depois um trabalho junto à população de rua de Belo Horizonte. Assim, pouco a pouco, o foi tomando contorno. Este fim de semana será a vez das estreias cênicas. Estarão em cartaz no Esquyna – Espaço Coletivo Teatral dois espetáculos inéditos, uma abertura de processo e também uma performance, realizados indistintamente pelos sete integrantes do grupo. 
“Começamos fazendo intervenção urbana, discussões sobre a cidade. Ações sempre com um caráter político, mas, no princípio, tudo na rua. E aí, motivados por desejos particulares, passamos a trabalhar com espetáculos e entendendo que o caráter político ideológico de nossos trabalhos no espaço urbano estavam indo para o palco”, explica o ator Gustavo Bones. 
Baseado nas anotações e memórias da escritora portuguesa Florbela Espanca, Diário do último ano é um monólogo com a atriz Júlia Branco e orientação artística de Gustavo. Já A noite devora seus filhos, é um texto do argentino Daniel Veronese com concepção de cena assinada por Alexandre de Sena, Gláucia Vandeveld, Gustavo Bones, Mariana Maioline e Renata Cabral. A montagem, de cerca de 50 minutos, é apresentada como uma defesa do direito à memória e à voz. 
Completando a programação deste fim de semana, tem De como o medo pode matar o seu coração. Como não se trata de um espetáculo pronto, os artistas convidam o público para participar da abertura do processo criativo. A peça fará uma reflexão sobre o crescente isolamento social. Na semana que vem, o Paisagens Poéticas encerra as atividades de ocupação do Esquyna com a performance O que não vaza é pele.
 
NA AGENDA
» Diário do último ano
Hoje, amanhã e dias 28 e 29, 
às 20h. 
Domingo e dia 30, às 19h
» A noite devora seus filhos
Hoje, amanhã e dias 28 
e 29, às 22h
Domingo e dia 30, às 21h
» De como o medo pode 
matar o seu coração
Amanhã, às 18h
» O que não vaza é pele
Dia 29, às 23h59
Esquyna – Espaço Coletivo Teatral. Rua Célia de Souza, 571 (esquina com Rua João Gualberto Filho), Sagrada Família. Ingressos a R$ 5 e R$ 2,50 (meia). Informações: 
(31) 9395-0500. 


VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE E-MAIS