Antídoto ao tempo

11/09/2012 09:49

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Sílvia Ruiz/divulgação
Trabalho de Sílvia Ruiz integra a exposição Memória impressa (foto: Sílvia Ruiz/divulgação)
Memória impressa, exposição em cartaz na Galeria de Arte Nello Nuno, em Ouro Preto, traz gravuras em metal de Carmen Seiler, Cassiano Pereira Nunes, Cláudia Bhurkna, Iole Di Natale, Ivone Beltran e Nelson Maldonado, além de litografia de Sílvia Ruiz. A curadoria é de Cahoni Chufalo.
 
“Nosso ponto em comum é trabalhar a lembrança de coisas vividas”, conta Sílvia Ruiz. “A beleza da mostra está na riqueza de trabalhos, na diversidade de técnicas e dos temas tratados”, completa. Há de paisagens a acontecimentos urbanos e bancos de parques. O público também poderá conhecer ferramentas e matrizes de gravuras para poder compreender as técnicas empregadas.
 
“Memória impressa expõe um pouco do que esses artistas são e do que os formou. Agindo criativamente sobre a memória, cada um deles constrói uma nova presença no tempo, nova possibilidade de experiência. Se é certo que a arte aspira à eternidade, vemos não apenas memórias e impressões, mas pequenos antídotos ao esquecimento”, afirma Cahoni Chufalo, curador da mostra.
 
MEMÓRIA IMPRESSA
Gravuras e litografia. Galeria de Arte Nello Nuno, Rua Alvarenga, 694, Cabeças, em Ouro Preto, (31) 3551-8906. De segunda a sexta-feira, das 12h às 18h; sábado, das 9h às 14h. Até dia 29. 


VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE E-MAIS