Confissões póstumas de americano vítima de câncer batem recorde de acesso

Val Patterson escreveu o próprio obituário, em que confessa o roubo de um cofre. Texto registra também seu amor à esposa e o arrependimento pelo cigarro

por Letícia Orlandi 18/07/2012 18:37

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.

Reprodução/MSNBC news
(foto: Reprodução/MSNBC news)

As confissões on-line de um americano que morreu de câncer na semana passada alcançaram nesta terça-feira 100.000 visitas por minuto. Na pequena autobiografia, Val Patterson, que morreu por causa de um câncer de garganta aos 59 anos, celebra sua vida e declara seu grande amor pela esposa, mas admite coisas que gostaria de não ter feito.

"Eu roubei o cofre do motel Motor Vista Drive Inn em junho de 1971. Podia ter guardado isso, mas decidi me livrar desse peso", afirma. "Também (devo dizer que) não tenho um doutorado. O que aconteceu é que no dia em que fui pagar meu empréstimo estudantil, a moça que trabalhava lá colocou o recibo na pilha errada e, duas semanas mais tarde, recebi um diploma pelo correio. Eu nem sequer me formei", contou ainda.

O homem se descreve como "um artista, inventor, empresário, cômico, cínico, marido, irmão, filho e amante dos gatos". "Lamento ter me sentido invencível quando jovem e ter fumado, apesar de os cigarros me fazerem mal", eclarou. Patterson disse ainda que, apesar das enormes dores, nada se comparava à dor de sua esposa, que carinhosamente cuidou dele durante todo o tempo em que esteve doente. "Eu me sinto um ladrão agora - por ter roubado tanto dela. Não há pílula que eu possa tomar para apagar essa dor", lamentou.

O homem conclui o obituário com a frase "Se você me conheceu, lembre-se de mim da sua própria maneira. Se você quer viver para sempre, não pare de respirar, como eu fiz".

O texto completo, em inglês, pode ser acessado na página do jornal Salt Lake Tribune: http://www.legacy.com/obituaries/saltlaketribune

 

Com informações da AFP

MAIS SOBRE E-MAIS