Ilustrações científicas de Helena Maria Rodrigues se inspiram na culinária mineira

Artista expões desenhos no Espaço das Artes do Big Shopping, em Contagem

por Walter Sebastião 16/05/2012 10:49

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Fotos: Helena Maria Rodrigues/Reprodução
Inhame (foto: Fotos: Helena Maria Rodrigues/Reprodução)
Couve, quiabo, pequi, inhame, milho e abóbora se tornaram, nos últimos anos, a paixão da artista Helena Maria Rodrigues, de 52 anos. E estão nas aquarelas que ela mostra, a partir de desta quarta-feira, no Espaço das Artes do Big Shopping, em Contagem. São 14 desenhos, ilustrações científicas, realizados a partir do ano passado, mostrando frutas, folhas, legumes e raízes em detalhes, acompanhados de pequenos textos e dados sobre o vegetal. A exposição já foi apresentada em vários lugares e com sucesso. Entre eles, o Centro Cultural Yves Alves, em Tiradentes. A artista já participou de outros projetos dedicados à catalogação da fauna e flora brasileiras.
“A pesquisa faz resgate cultural forte, apresentando folhas, frutos, legumes, raízes que são importantes inclusive para a saúde”, afirma Helena Maria Rodrigues. “Quem mora na roça sabe disso, mas as pessoas na cidade grande já se esqueceram”, diz. “São plantas de beleza que impressiona, mas que não percebemos”, garante Helena. “A árvore do pequi parece feia, mas a flor é magnifica. Se observarmos com atenção a folha de couve, que imaginamos sempre picadinha, vamos ver texturas, linhas, maravilhosas. A abóbora e o milho são lindos”, afirma. 
A ilustração científica é aliança de arte e informação. “Além da beleza, você está prestando um serviço”, explica. Fazer ilustração científica dá trabalho e cobra muita atenção. “Temos de buscar perfeição maior do que a do foto. Não podemos deixar de escapar detalhes que a fotografia, às vezes, perde”, explica. A artista é formada pela Escola Guignard da Uemg e trabalha na área desde 2009. Fez alguns trabalhos de ilustração médica, mas desistiu do setor. “Quando colocaram pedaços de cadáveres na minha frente, quase virei um deles”, recorda. Admira o trabalho da inglesa Margaret Mead (1901-1978) pela precisão e qualidade do desenho. 
As imagens da exposição fazem parte de projeto maior: livro, com desenhos de 10 artistas sobre o tema, coordenado por Helena Maria Rodrigues e Dilce Laranjeira. “Não é encomenda, é proposta nossa”, observa Helena. A empreitada, inédita, ganhou apresentação de um artista ilustre e um dos mestre da aquarela em Minas Gerais: Mário Zavagli. “Acho a ideia muito boa. Transforma em algo prático um tipo de ilustração que, às vezes, é só científica. É projeto ligado a Minas Gerais, mas sem o ranço da mineiridade. Adoro nossa culinária, acho peculiar, com grande variedade, e merecia um trabalho assim”, diz Mário Zavagli.
 
Espécies botânicas da culinária mineira
Aquarelas de Helena Rodrigues. Espaço das Artes do Big Shopping, Av. João César de Oliveira, 1.275, Eldorado, Contagem. De segunda a sábado, das 10h às 23h; domingos, das 11h às 21h. Até 31. Entrada franca. 


VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE E-MAIS