Novo filme de Leandro Hassum, Não se aceitam devoluções estreia em BH

Comédia é um remake da história de um pai que tem que se virar com uma criança inesperada

por Helvécio Carlos 31/05/2018 08:00

 

Fox Films/ Divulgação
(foto: Fox Films/ Divulgação )
Quase nada soa como novidade em Não se aceitam devoluções, que estreia nesta quinta (31) nos cinemas. Uma cena aqui, outra ali vai bater aquela sensação de déjà vu acompanhada do pensamento: Hum! Já vi isso em algum lugar. E foi ali mesmo, no cinema, que a história do sedutor que ganha um bebê de presente de uma entre tantas ex-namoradas já foi vista e revista.

 

Veja os horários de exibição do filme nos cinemas de BH, Contagem e Betim  


A primeira versão de Não se aceitam devoluções é de 2014 e foi estrelada pelo mexicano Eugenio Derbez, que também assina o roteiro. O longa estourou nas bilheterias nos Estados Unidos e no México, onde vendeu quase 20 milhões de ingressos. A segunda versão, Uma família de dois, de 2017, teve como estrela Omar Sy, o ator francês famoso por seu papel em Os intocáveis.
Para a adaptação brasileira foi escalado como protagonista Leandro Hassum, um astro do humor que expandiu seu sucesso no teatro e na TV para o cinema em títulos como Até que a sorte nos separe. O roteiro é assinado por Ana Maria e Patricia Moretzsohn, nomes também conhecidos na TV. A direção é de André Moraes (Entrando numa roubada).


O grande problema do filme é justamente o fato de ser um remake. É difícil achar graça mais uma vez na cena em que a mãe da criança bate à porta da casa de Juca Valente, entrega o presente de grego e, de quebra, ainda pede dinheiro para o táxi. A cena do pai desastrado que faz uma bagunça com talco é previsível e bobinha.

Nessa terceira versão da história a trama se passa entre o Guarujá, litoral paulista, e Los Angeles, na Costa Leste dos Estados Unidos. Em busca do paradeiro de Brenda (Laura Ramos), Juca segue para a terra do cinema com o bebê. Sem nenhuma noção dos cuidados que se deve ter com uma criança, deixa a filha sozinha no playground, perto da piscina. É aí que ocorre uma cena tosca. O bebê sai caminhando rumo à piscina. Juca, lá do alto, percebe o perigo iminente e pula para salvá-la. Feita sem capricho, a sequência não convence. Ruim para o público, que continua bocejando; melhor para o personagem de Hassum, que, pelo ato heroico, é contratado pelo produtor Bob Gomez (Jarbas Homem de Mello) como dublê em Hollywood.

Daí em diante, tudo fica ainda mais previsível, mesmo para um remake. O público só não deve se esquecer de um detalhe: as bilheterias do cinema também não aceitam devoluções.

['__class__', '__cmp__', '__contains__', '__delattr__', '__delitem__', '__dict__', '__doc__', '__eq__', '__format__', '__ge__', '__getattribute__', '__getitem__', '__gt__', '__hash__', '__init__', '__iter__', '__le__', '__len__', '__lt__', '__module__', '__ne__', '__new__', '__reduce__', '__reduce_ex__', '__repr__', '__setattr__', '__setitem__', '__sizeof__', '__str__', '__subclasshook__', '__weakref__', 'clear', 'copy', 'fromkeys', 'get', 'has_key', 'items', 'iteritems', 'iterkeys', 'itervalues', 'keys', 'pop', 'popitem', 'request', 'setdefault', 'update', 'values', 'viewitems', 'viewkeys', 'viewvalues']

MAIS SOBRE CINEMA