Ben Affleck anuncia que vai doar lucro de filmes produzidos por Weinstein

O produtor Harvey Weinstein foi acusado por diversas atrizes de assédio sexual na semana em que outros astros de Hollywood também foram denunciados

por Agência Estado 07/11/2017 10:01
Internet/Reprodução
O ator doará o recurso para instituições que trabalham contra a violência sexual (foto: Internet/Reprodução)
Após dizer que quer ser parte da solução contra o assédio de mulheres em Hollywood, Ben Affleck anunciou que vai doar todo o cachê que ganhar com filmes produzidos por Harvey Weinsten para uma instituição de cinema independente e para uma ONG anti violência sexual. Weinsten foi acusado de assediar dezenas de atrizes por anos, o que, segundo seu contrato, não era motivo para demissão.

Em entrevista à People na última segunda-feira, 6, Affleck contou que decidiu isso após o ator Kevin Smith, que é seu amigo, anunciar que doaria todos os seus futuros lucros com filmes produzidos por Weinstein para instituições de caridade.

"Assim que Kevin sugeriu isso, eu decidi fazer o mesmo. Então qualquer dinheiro que eu ganhar de um filme da Miramax e de Weinstein vai ou para a Film Independent ou para a RAINN, uma organização em prol das mulheres. Eu não quero receber mais dinheiro desse cara, sabe?", falou.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA