Animação mineira é concorrente do Bang Awards

Curta 'Macacos me mordam', de Sávio Leite e César Maurício, está entre os indicados da competição direcionada às novas tecnologias

por Estado de Minas 26/02/2014 07:00

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Leite Filmes/Divulgação
O curta 'Macacos me mordam', de Sávio Leite e César Maurício, foi inspirado em conto de Fernando Sabino (foto: Leite Filmes/Divulgação )
O curta de animação 'Macacos me mordam', de Sávio Leite e César Maurício, está concorrendo ao Bang Awards, competição dinâmica direcionada às novas tecnologias e para um público integrado nas artes digitais, multimédia, ilustração e cinema de animação.

Por se desenrolar numa plataforma on-line, o Bang chega a todos os utilizadores e pode ser acompanhado a partir de qualquer visor, em qualquer ponto do mundo. Inspirado em conto homônimo de Fernando Sabino, o curta mineiro conta a história de uma cidade que fica em polvorosa com a chegada de muitos macacos. A animação já teve quase 20 mil visualizações e cerca de 1.120 votos.

A segunda edição do Bang Awards, concurso internacional de animação subordinado ao tema “Povos cruzados”, é uma coprodução luso-brasileira promovida pelo Município de Torres Vedras, Portugal, e pela prefeitura de Ouro Preto, Brasil, e integra as comemorações do Ano de Portugal no Brasil e Ano do Brasil em Portugal.

Entre os destaques do evento, a presença de John Malkovich como presidente do júri, personalidade eclética que se identificou com o desejo do Bang Awards de promover a criatividade e a inclusão digital em comunidades ao redor do mundo, aproximando artistas e públicos de novos caminhos e técnicas de animação.

A votação segue até 6 de março no site do evento.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA