Mostra Inéditos/Passou Batido chega a sua quarta edição

Palácio das Artes exibirá 33 filmes nacionais e 23 internacionais

por Fernanda Machado 09/02/2014 00:13

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Zeta Filmes/Divulgação
Caverna dos Sonhos Esquecidos, de Werner Herzog, será exibido às 19h do dia 14 (foto: Zeta Filmes/Divulgação )
Com 33 títulos nacionais (entre curtas e longas-metragens) e 23 internacionais, a Mostra Inéditos/Passou Batido em BH chega à quarta edição no Palácio das Artes, a partir de amanhã, até 13 de março. A seleção reúne filmes ainda inéditos ou que ficaram pouco tempo em cartaz na cidade. As sessões dedicadas a curtas mineiros e a exibição em 3D dos filmes Caverna dos sonhos esquecidos, de Werner Herzog, Contos da noite, de Michel Ocelot, e 3x 3D, de Jean-Luc Godard, Peter Greenway e Edgar Pêra, são novidade da edição de 2014 da mostra.

Serão exibidos 40 longas de cineastas do Brasil e do mundo. Pela primeira vez, a mostra terá sessões dedicadas a curtas de diretores mineiros. Serão 15 obras, organizadas em três sessões. Entre eles, Pouco mais de um mês, de André Novais, vencedor do prêmio do júri popular do 15º FestCurtasBH; Merda!, de Gilberto Scarpa; e El paso del tempo, de Cris Azzi.

Outra novidade é a maior presença de filmes nacionais, representando 43% do total. O público poderá assistir a filmes como Educação sentimental, de Júlio Bressane, e Esse amor que nos consome, de Allan Ribeiro.

No programa de amanhã, às 17h, O abismo prateado, de Karim Aïnouz (Brasil, 83min, 2011, 14 anos); às 19h, Irmãs jamais, de Marco Bellocchio (Sorelle mai, Itália, 2010, 105min, 12 anos), às 21h, Deixe a luz acesa, de Ira Sachs (Keep the lights on, EUA, 2012, 101min, 16 anos).

MOSTRA INÉDITOS/PASSOU BATIDO EM BH
De amanhã a 13 de março. Cine Humberto Mauro do Palácio das Artes, Av. Afonso Pena, 1.537, Centro. Ingressos: R$ 5 (inteira); R$ 2,50 (meia-entrada). Informações: (31) 3236-7400.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA