Festival de filmes para jovens traz títulos de 11 países para primeira edição brasileira

por Agência Brasil 20/01/2013 11:39

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

CORREÇÃO:

Preencha todos os campos.
Criado em 1971, o Giffoni Film Festival chega neste ano ao Brasil com a ideia de que o cinema não é apenas entretenimento, mas pode ajudar os jovens a ter uma visão ampla do mundo. Serão filmes de 11 países, incluindo o Brasil, exibidos de 28 de janeiro a 1º de fevereiro no Memorial da América Latina, zona oeste paulistana. Todas as obras dialogam de alguma maneira com os jovens, público-alvo da mostra. Além das exibições, serão promovidos oficinas e bate-papos com atores e diretores.

“São filmes do mundo inteiro: Suécia, Noruega, Rússia...tentando mostrar as diferenças de um roteiro filmado em um país e em outro”, ressalta o diretor da Mix Make, empresa que produz o festival no Brasil, Marco Scabia. Segundo ele, o evento, voltado para jovens de 12 a 17 anos, ajudará os jovens a “entenderem um pouco do mundo através do cinema.

Um júri de 400 jovens, sendo que 30 são estrangeiros, avaliará os filmes e apontará os vencedores do festival. Eles foram escolhidos em parceria com escolas ou diretamente, por meio de um cadastro disponibilizado na internet. “Os jurados dos filmes são jovens que têm paixão por cinema e que farão uma imersão durante uma semana”, destaca Scabia, que lembra que a própria interação entre os adolescentes é parte do espírito do evento.

Entre os títulos brasileiros que poderão ser vistos estão Xingu, Gonzaga – de Pai para Filho e O Contador de Histórias. A expectativa da organização é que esta edição do Giffoni atinja um público de 8 mil pessoas, entre as sessões abertas e fechadas.

VÍDEOS RECOMENDADOS

MAIS SOBRE CINEMA